Banco Montepio diz que já cumpria em dezembro requisitos de capital

O banco Montepio disse hoje que já cumpria em final de 2018 os requisitos de capital exigidos pelo Banco de Portugal a partir de 01 de julho de 2019.

Banco Montepio diz que já cumpria em dezembro requisitos de capital

Banco Montepio diz que já cumpria em dezembro requisitos de capital

O banco Montepio disse hoje que já cumpria em final de 2018 os requisitos de capital exigidos pelo Banco de Portugal a partir de 01 de julho de 2019.

Lisboa, 14 mar (Lusa) — O banco Montepio disse hoje que já cumpria em final de 2018 os requisitos de capital exigidos pelo Banco de Portugal a partir de 01 de julho de 2019, segundo informação ao mercado.

O banco pertencente à Associação Mutualista Montepio Geral divulgou hoje, através de comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os rácios de capital exigidos pelo Banco de Portugal a partir de 01 de julho de 2019.

Segundo a informação, a partir dessa data tem de ter, pelas regras do período de transição, rácio CET1 de 10,125%, rácio T1 de 11,625% e rácio total de 13,625%.

O Montepio divulga ainda os rácios que tinha em 31 de dezembro de 2018 nestes indicadores (13,5%, 13,5% e 14,1%, respetivamente), o que significa que já cumpria no ano passado os rácios pedidos pelo banco central para meados deste ano.

“Os rácios de fundos próprios reportados a 31 de dezembro de 2018 pelo Banco Montepio encontram-se acima dos níveis prudenciais exigidos, que incorporam os referidos requisitos específicos em termos de Pilar 2 e as demais reservas aplicáveis”, refere no comunicado ao mercado.

Os rácios de capital são indicadores de solvabilidade de um banco, sendo contabilizados em função dos ativos ponderados pelo risco.

O banco Montepio teve lucros de 12,6 milhões de euros em 2018, um aumento face aos 6,4 milhões de euros de 2017.

IM // JNM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS