Autoridades espanholas pedem multas de 5,8ME a Amazon e 17 empresas subcontratadas

A Inspeção do Trabalho da região espanhola da Catalunha propôs multas de 5,8 milhões de euros à Amazon e 17 empresas subcontratadas pelas condições laborais de 559 trabalhadores, tendo agora as acusadas um período para defesa.

Autoridades espanholas pedem multas de 5,8ME a Amazon e 17 empresas subcontratadas

Autoridades espanholas pedem multas de 5,8ME a Amazon e 17 empresas subcontratadas

A Inspeção do Trabalho da região espanhola da Catalunha propôs multas de 5,8 milhões de euros à Amazon e 17 empresas subcontratadas pelas condições laborais de 559 trabalhadores, tendo agora as acusadas um período para defesa.

Segundo um comunicado de hoje das autoridades catalãs, a sanção proposta para a Amazon, a empresa norte-americana considerada ‘o gigante’ mundial do comércio a retalho ‘online’, é de 3.195.075 euros, a serem aplicados à filial Amazon Road Transport Spain SL, com sede em Espanha.

Em causa está a situação em que pelo menos 559 pessoas trabalham ou trabalharam na filial da Amazon, cedidas por 17 empresas subcontratadas, com condições laborais inferiores às que teriam se tivessem sido diretamente contratadas pela multinacional.

A forma como estes trabalhadores foram transferidos das outras empresas, seis delas de trabalho temporário, para a Amazon é considerada ilegal pela Inspeção do Trabalho da Catalunha.

A estas 17 empresas subcontratadas pela Amazon, as autoridades catalães propõem a aplicação de uma multa de 2.609.578 euros.

Segue-se agora um processo de sanção, com as empresas a terem um prazo para apresentar defesa, cabendo depois à autoridade laboral tomar uma decisão final.

MP // APN

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS