Ambiente de confiança com plano de relançamento leva Wall Street a recordes

A bolsa nova-iorquina manteve hoje o entusiasmo da semana passada e os seus principais índices fecharam em níveis recorde, graças ao entusiasmo com o plano da Casa Branca para o relançamento da economia norte-americana.

Ambiente de confiança com plano de relançamento leva Wall Street a recordes

Ambiente de confiança com plano de relançamento leva Wall Street a recordes

A bolsa nova-iorquina manteve hoje o entusiasmo da semana passada e os seus principais índices fecharam em níveis recorde, graças ao entusiasmo com o plano da Casa Branca para o relançamento da economia norte-americana.

Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average avançou 0,76%, para os 31.385,76 pontos.

Da mesma forma, o tecnológico Nasdaq progrediu 0,95%, para as 13.987,64 unidades, e o alargado S&P500 ganhou 0,74%, para as 3.915,59.

O Dow Jones e o S&P500 registaram hoje a sua sexta sessão consecutiva em que fecharam em alta.

Na sexta-feira passada, Wall Street já tinha fechado em nível recorde, o que contribuiu para que tivesse vivido a sua melhor semana dos últimos dois meses.

Durante uma entrevista à televisão CNN, passada na noite de domingo, a secretária do Tesouro, Janet Yellen, afirmou que o plano de relançamento, de 1,9 biliões (milhão de milhões) de dólares (1,6 biliões de euros), permitiria à economia atingir de novo, em 2022, o pleno emprego, se for aprovado.

Estas declarações “contribuíram para reforçar o sentimento positivo” dos investidores, notaram os analistas da Charles Schwab.

As afirmações de Yellen provocaram também a subida dos rendimentos dos títulos do Tesouro a 10 e a 30 anos, que atingiram o máximo do último ano na noite de domingo para segunda, antes de descerem um pouco.

A perspetiva de um crescimento económico robusto deixa antecipar uma subida da inflação, o que tem tendência a fazer subir as taxas obrigacionistas.

As esperanças colocadas na campanha de vacinação contra o novo coronavirus, bem como a descida de novos casos de infeções nos EUA, também alimentaram hoje a subida das cotações.

Entre os títulos do dia, a Tesla subiu 1,31%. O seu presidente, Elon Musk, anunciou que investiu 1,5 biliões de dólares na moda virtual bitcoin e que vai passar a aceitá-la como meio de pagamento das suas viaturas.

O grupo de análise de dados e informação Palantir acabou a subir 5,87% depois de anunciar uma parceria com a IBM, que terminou a valorizar 1,49%, para “simplificar a forma como as empresas concebem e desenvolvem as aplicações utilizando a inteligência artificial”.

Apesar de a África do Sul ter suspendido ao uso da vacina da AstraZeneca, por dúvidas quanto à sua eficácia nas pessoas mais idosas, a ação da farmacêutica valorizou 0,66%.

Ao contrário, a Hasbro recuou 4,25%, apesar de te apresentado resultados acima dos aguardados, graças às boas vendas dos produtos, que incluem os emblemáticos Monopólio e cartas Magic durante a pandemia.

RN // JLS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS