Airbus passa de prejuízos a lucros recorde de mais de 4.200 ME em 2021

A Airbus passou de prejuízos, em 2020, para lucros de 4.213 milhões de euros em 2021, um resultado “recorde” de acordo com um comunicado, hoje divulgado pela companhia.

Airbus passa de prejuízos a lucros recorde de mais de 4.200 ME em 2021

Airbus passa de prejuízos a lucros recorde de mais de 4.200 ME em 2021

A Airbus passou de prejuízos, em 2020, para lucros de 4.213 milhões de euros em 2021, um resultado “recorde” de acordo com um comunicado, hoje divulgado pela companhia.

O ano de 2021 foi “de transição, em que a nossa atenção se desviou da pandemia e passou a estar mais virada para a recuperação e crescimento”, indicou o presidente executivo da empresa, Guillaume Faury, citado na mesma nota.

“Estes fortes resultados refletem o maior número de entregas de aviões comerciais, bem como a boa ‘performance’ dos negócios de helicópteros, defesa e espaço”, destacou.

A empresa registou receitas totais de 52.149 milhões de euros, mais 4% do que o registado em 2020, com um total de encomendas brutas de 771 e líquidas de 507 aviões (depois de cancelamentos), sendo que no final de 2021 o grupo contava com uma carteira de encomendas avaliada em 398 mil milhões de euros.

A empresa entregou 611 aviões em 2021.

O aumento das receitas reflete, sobretudo, o crescimento das entregas de aviões comerciais, que incluem 50 aeronaves A220, 483 da família A320, 18 aviões A330, 55 aparelhos A350 e cinco A380.

Paralelamente, a Airbus Helicopters entregou 338 unidades, incluindo o primeiro H160, com as receitas a crescerem 4%. No segmento de Defesa e Espaço, as receitas caíram 2%, sobretudo devido à área de aviação militar, que foi, parcialmente, compensada pela atividade do espaço.

A Airbus diz que já não assume, para este ano, mais perturbações na economia mundial e tráfego aéreo, nem nas suas operações internas e capacidade de entregar produtos e serviços.

Assim, para este ano, a companhia espera entregar 720 aviões comerciais.

O número de funcionários caiu, no final de 2021, em 4%, para 126.495, em termos homólogos.

 

ALYN // MSF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS