Airbus anuncia que vai deixar de fabricar avião A380 em 2021

Airbus anuncia que vai deixar de fabricar avião A380 em 2021

O grupo europeu Airbus anunciou que vai deixar de fabricar o avião A380 em 2021, depois do seu principal cliente, a Emirates, ter alterado parte da sua encomenda pelos modelos A330-900 e A350-900.

A Emirates, que, de acordo com as encomendas até agora deveria ter recebido um total de 162 A380, vai comprar apenas 123, tendo assinado um novo contrato com a Airbus para adquirir 40 A330-900 e 30 A350-900.

Em comunicado, o CEO da Airbus, Tom Enders, explicou que como resultado dessa decisão, não existe “uma carteira de pedidos substancial do A380 e, portanto, não há base para apoiar a produção do A380, apesar de de todos os esforços de vendas” realizadas com outras companhias aéreas nos últimos anos.

“Isso leva-nos a finalizar as entregas do A380 em 2021”, concluiu Enders.

Recorde-se que em Em 2017, foi noticiado que o aeroporto de Lisboa iria iniciar obras para poder receber voos do avião conhecido como Superjumbo. Estas obras, com investimento de de entre 250 e 350 milhões de euros, terminariam em 2021.

 

LEIA MAIS: ALERTA | Greve nacional na função pública terá primeiros efeitos ainda hoje

 

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Airbus anuncia que vai deixar de fabricar avião A380 em 2021

O grupo europeu Airbus anunciou que vai deixar de fabricar o avião A380 em 2021, depois do seu principal cliente, a Emirates, ter alterado parte da sua encomenda pelos modelos A330-900 e A350-900.