5G: Regras do leilão são “ilegais e inaceitáveis” e terão consequências para o país – NOS

A NOS considerou hoje que as regras do leilão para a atribuição das licenças de 5G “são ilegais e inaceitáveis”, terão “consequências catastróficas e irreversíveis” para Portugal e recorrerá “a todos os meios para travar” a sua aplicação.

5G: Regras do leilão são

5G: Regras do leilão são “ilegais e inaceitáveis” e terão consequências para o país – NOS

A NOS considerou hoje que as regras do leilão para a atribuição das licenças de 5G “são ilegais e inaceitáveis”, terão “consequências catastróficas e irreversíveis” para Portugal e recorrerá “a todos os meios para travar” a sua aplicação.

A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) divulgou hoje o regulamento do leilão do 5G, que prevê que o procedimento esteja concluído em janeiro e as licenças atribuídas durante o primeiro trimestre de 2021.

Numa primeira reação, fonte oficial da NOS disse que as “regras publicadas hoje são ilegais e inaceitáveis e terão consequências catastróficas e irreversíveis para o país e para os portugueses”.

“O Estado português acabou de prestar um mau serviço ao país, aos cidadãos e às empresas, privando-os da liderança e da celeridade digital que o 5G poderia trazer”, criticou.

A operadora de telecomunicações lidera por Miguel Almeida adianta também que irá recorrer “a todos os meios para travar a aplicação do regulamento”.

ALU // EA

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS