Dezenas de países representados nas cerimónias oficiais em Timor-Leste

Díli, 17 mai 2022 (Lusa) – Delegações de dezenas de países, ao nível de chefes de Estado, governantes ou representantes oficiais visitam Timor-Leste para a tomada de posse do Presidente eleito, José Ramos-Horta, e comemorações dos 20 anos da restauração da independência.As delegações de Portugal, da Austrália e da Guiné-Bissau serão as de mais alto […]

Dezenas de países representados nas cerimónias oficiais em Timor-Leste

Dezenas de países representados nas cerimónias oficiais em Timor-Leste

Díli, 17 mai 2022 (Lusa) – Delegações de dezenas de países, ao nível de chefes de Estado, governantes ou representantes oficiais visitam Timor-Leste para a tomada de posse do Presidente eleito, José Ramos-Horta, e comemorações dos 20 anos da restauração da independência.As delegações de Portugal, da Austrália e da Guiné-Bissau serão as de mais alto […]

Díli, 17 mai 2022 (Lusa) – Delegações de dezenas de países, ao nível de chefes de Estado, governantes ou representantes oficiais visitam Timor-Leste para a tomada de posse do Presidente eleito, José Ramos-Horta, e comemorações dos 20 anos da restauração da independência.

As delegações de Portugal, da Austrália e da Guiné-Bissau serão as de mais alto nível, com vários países a enviarem membros do Governo ou embaixadores.

O Presidente da República português, Marcelo Rebelo de Sousa, chega a Díli na manhã de quinta-feira, num avião charter da euroAtlântico em que viajam ainda o ministro dos Negócios Estrangeiros, João Gomes Cravinho, e a vice-presidente da Assembleia da República, Edite Estrela.

No mesmo dia chega de Camberra o governador-geral australiano, David Hurley, e da Indonésia o ministro Coordenador de Assuntos Políticos e Jurídicos e de Seguranç, Mahfud MD.

Está igualmente confirmada a visita do primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Nuno Gomes Nabiam, eventualmente acompanhado por outros membros do executivo.

De Singapura e em representação do primeiro-ministro deverá deslocar-se a Díli o ministro dos Negócios Estrangeiros, Vivian Balakrishnan, e da Nova Zelândia é esperado o ministro de Desarmamento e Controlo de Armas, Phil Twyford.

Também prevista está a visita do atual ministro do Planeamento e Desenvolvimento Económico da Serra Leoa, Francis Mustapha Kai-Kai, e que estará no país como responsável do G7+, que reúne países que enfrentam conflitos ativos ou têm experiências recentes de conflito e fragilidade.

O presidente da Assembleia Nacional de São Tomé e Príncipe, a ministra da Presidência do Conselho de Ministros de Cabo Verde, o secretário-executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Zacarias da Costa, e o ministro na Casa Civil da Presidência da República de Moçambique são outros convidados.

Estarão ainda no país enviados dos governos do Japão, Angola e Brasil.

Hoje já chegaram várias delegações de embaixadas acreditadas na Indonésia e em Timor-Leste, incluindo o Reino Unido, com as autoridades timorenses a esperarem a presença de 30 delegações diplomáticas.

O programa oficial começa com um jantar na tarde de 19 de maio, presidido pelo atual chefe de Estado, Francisco Guterres Lú-Olo, antes da cerimónia de investidura de José Ramos-Horta, que decorre em Tasi Tolu.

A 20 de maio haverá as cerimónias oficiais no Palácio Presidencial e, à tarde, uma sessão plenária especial do Parlamento Nacional.

 

ASP // JMC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS