Descoberta a causa da morte da surfista portuguesa de 20 anos

A promessa do surf português, Tânia Oliveira morreu com apenas 20 anos, em Ponta Delgada, nos Açores, na madrugada da passagem de ano.

Descoberta a causa da morte da surfista portuguesa de 20 anos

A promessa do surf português, Tânia Oliveira morreu com apenas 20 anos, em Ponta Delgada, nos Açores, na madrugada da passagem de ano.

Natural dos Açores, Tânia Oliveira, de 20 anos, morreu alegadamente por inalação de monóxido de carbono, durante a passagem de ano, em Ponta Delgada.

Até à data eram desconhecidas as causas da morte da promessa do surf açoriana, no entanto, de acordo com o Correio da Manhã, a jovem terá perdido a vida devido à «avaria de um esquentador». Segundo a a mesma publicação, Tânia estava em casa de uns amigos para celebrar a passagem a de ano. A dado momento, a surfista decidiu ir um tomar um banho. Passado algum tempo, o irmão da surfista estranhou esta estar a demorar tanto tempo e após «várias horas» decidiu ir verificar se estava tudo bem com a irmã.

Após Tânia não dar sinais, o rapaz arrombou a porta e encontrou a surfista já inanimada, alegadamente, devido à inalação de monóxido de carbono.

Investigação em curso

As autoridades foram, de seguida, chamadas ao local do incidente, pelo o irmão, na madrugada de dia 1 de janeiro, mas quando os bombeiros e a PSP chegaram já não era possível fazer nada pela jovem. Segundo o Correio da Manhã, a Polícia Judiciário já descartou a hipótese de suicídio e de homicídio.

Neste momento, está a decorrer uma investigação para determinar se houve negligência por parte dos responsáveis da montagem do esquentador e do sistema de gás da habitação onde ocorreu a tragédia.

«Venceu tudo o que havia para vencer»

Tânia Oliveira era uma das promessas do surf português, tendo sido campeã em todas as competições regionais em que participou. Foi em 2015, que a surfista portuguesa se destacou em todo o país ao conquistar o título de vice-campeã nacional.

«Tânia Oliveira era uma miúda alegre, bem com a vida e muito talentosa no surf. Foi atleta de alta competição de ginástica acrobática durante muitos anos e vice campeã de surf sub-18, em 2015. A nível regional, nos Açores, venceu tudo o que havia para vencer e foi campeã invicta em todas as categorias que disputou», pode ler no website Surf Total.

Impala Instagram


RELACIONADOS