[ATUALIZAÇÃO] Demitiu-se o chefe de gabinete do Secretário de Estado da Proteção Civil

O chefe de gabinete do Secretário de Estado da Proteção Civil, Adelino Mendes, apresentou a sua demissão depois de ter sido alvo de buscas pela Polícia Judiciária.

[ATUALIZAÇÃO] Demitiu-se o chefe de gabinete do Secretário de Estado da Proteção Civil

[ATUALIZAÇÃO] Demitiu-se o chefe de gabinete do Secretário de Estado da Proteção Civil

O chefe de gabinete do Secretário de Estado da Proteção Civil, Adelino Mendes, apresentou a sua demissão depois de ter sido alvo de buscas pela Polícia Judiciária.

O chefe de gabinete do Secretário de Estado da Proteção Civil, Adelino Mendes, apresentou a sua demissão depois de ter sido alvo de buscas pela Polícia Judiciária. De acordo com o comunicado oficial do Ministério da Administração Interna «na sequência da constituição como arguido em processo relativo à sua atividade profissional anterior ao exercício de funções no Gabinete do Secretário de Estado da Proteção Civil, o Dr. Adelino Gonçalves Mendes pediu a exoneração das funções de Chefe do Gabinete. O pedido foi aceite pelo Secretário de Estado da Proteção Civil».

Investigação decorre há 2 anos

Recorde-se que, na tarde desta quinta-feira, mais de 100 inspetores da Polícia Judiciária, magistrados do DCIAP e elementos da Autoridade Tributária levaram a cabo uma megaoperação no âmbito de uma investigação que decorre há 2 anos. Em causa estão crimes crimes relacionados com a fraude na obtenção dos subsídios, crimes de fraude fiscal qualificada, de branqueamento de capitais e de falsificação de documentos.

A operação realizada esta quinta-feira acontece na sequência de uma outra realizada em maio de 2017, na qual foram constituídos 52 arguidos. Na operação levada a cabo esta quinta-feira, foram constituídos 19 arguidos.

LEIA MAIS

Previsão do tempo mais frio no fim de semana

 

Impala Instagram


RELACIONADOS