Covid-19. Alunos de várias turmas juntos nas aulas de Educação Religiosa

O Ministério da Educação só atribui um docente a turmas com dez ou mais inscritos, algo que obriga as escolas a juntar alunos de turmas diferentes.

Covid-19. Alunos de várias turmas juntos nas aulas de Educação Religiosa

Covid-19. Alunos de várias turmas juntos nas aulas de Educação Religiosa

O Ministério da Educação só atribui um docente a turmas com dez ou mais inscritos, algo que obriga as escolas a juntar alunos de turmas diferentes.

O Ministério da Educação recomendou o funcionamento de ‘turmas-bolha’, mas não está a ser cumprido nas aulas de Educação Moral e Religiosa Católica. De acordo com o Jornal de Notícias, são poucos os alunos que escolhem esta disciplina e, por isso, as escolas são quase obrigadas a juntar alunos de turmas diferentes na mesma sala.

Apesar de facultativa para os alunos, a disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica é obrigatória para as escolas. De cada turma da mesma escola podem inscrever-se vários alunos. O Ministério da Educação só atribui um docente a turmas com dez ou mais inscritos, algo que obriga as escolas a juntar alunos de turmas diferentes.

«Estamos a trabalhar com as orientações de anos anteriores, que não foram alteradas com a pandemia», afirmou Manuel Pereira, diretor da ANDE, ao JN. Também diretor do agrupamento de CInfães, Manuel Pereira revela que não recebeu protestos dos pais, mas admite que as turmas mistas não se integram na recomendação do Ministério.

 

LEIA MAIS

Meteorologia: Previsão do tempo para quarta-feira, 23 de setembro

 

Impala Instagram


RELACIONADOS