Contratos de telecomunicações vão poder ser cancelados pela internet

O Governo pretende colocar em funcionamento, até ao final do primeiro trimestre de 2020, uma plataforma que irá permitir o cancelamento de contratos de telecomunicações através da internet.

Contratos de telecomunicações vão poder ser cancelados pela internet

Contratos de telecomunicações vão poder ser cancelados pela internet

O Governo pretende colocar em funcionamento, até ao final do primeiro trimestre de 2020, uma plataforma que irá permitir o cancelamento de contratos de telecomunicações através da internet.

O Governo pretende colocar em funcionamento, até ao final do primeiro trimestre de 2020, uma plataforma que irá permitir o cancelamento de contratos de telecomunicações através da internet.

LEIA DEPOIS
Meteorologia: O tempo para este sábado, 28 de dezembro

De acordo com o Público, a medida está inserida no Orçamento do Estado e prevê a criação de uma «nova plataforma online que permitirá reforçar a proteção e confiança dos consumidores». A mesma plataforma não vai abranger outros contratos de utilidade pública como eletricidade e gás.

Plataforma será financiada com fundos do Portugal 2020

Segundo a mesma publicação, que cita fonte do Ministério da Economia, a Plataforma Única de Cessação de Contratos de Telecomunicações está em desenvolvimento e deverá estar disponível no final do primeiro trimestre de 2020. A plataforma, que está sob a alçada da Direção-Geral do Consumidor e que será financiada com fundos do Portugal 2020, poderá ser utilizada para colocar fim a contratos com e sem fidelização.

Ainda em desenvolvimento estão várias questões técnicas uma vez que a plataforma necessita do envolvimento dos operadores de comunicação. Também ainda não é claro sobre quem fica responsável pela segurança dos dados.

Texto: Joana Ferreira

LEIA MAIS
Pelo menos 15 mortos e 12 feridos graves em queda de avião

 

Impala Instagram


RELACIONADOS