Diretor-adjunto de colégio privado detido por posse de pornografia infantil

Diretor-adjunto de colégio privado detido por posse de pornografia infantil

O homem já foi interrogado pelas autoridades e está proibido de exercer a profissão

O director-adjunto do colégio privado Saint-Michel, em França, foi detido pela polícia local por posse de imagens de pornografia infantil. O homem já foi interrogado pela Polícia Judiciária francesa e encontra-se proibido de exercer funções em locais com menores.

LEIA MAIS: Padre é apanhado a consumir drogas pesadas enquanto vê pornografia e imagens tornam-se virais

Foi aberta uma investigação para compreender os interesses do director-adjunto nas imagens encontradas. Devido ao cargo do homem, as autoridades querem assegurar que o detido não cometeu mais nenhum crime contra menores.

O reitor do estabelecimento de ensino já reagiu e garantiu que o director-adjunto está proibido de aceder ao colégio, enquanto as investigações estão em curso.

VEJA AINDA: Seis homens portugueses acusados de mais 170 mil crimes de pornografia de menores


RELACIONADOS

Diretor-adjunto de colégio privado detido por posse de pornografia infantil

O homem já foi interrogado pelas autoridades e está proibido de exercer a profissão