Cinco mortos e 26 detidos na campanha eleitoral em Moçambique

Cinco mortos e 26 detidos na campanha eleitoral em Moçambique

Cinco pessoas morreram e 26 foram detidas durante os 13 dias de campanha para as eleições autárquicas em Moçambique, informou o porta-voz da polícia moçambicana, Inácio Dina.

“Estas ocorrências são relativas a um acidente de viação que teve como consequência dois óbitos por atropelamento, um caso de um simpatizante que morreu eletrocutado quando procurava colar um panfleto no poste de energia e também um outro acidente de viação do tipo choque contra obstáculo fixo onde morreram mais duas pessoas”, explicou Inácio Dina, em conferência de imprensa de balanço do período de campanha.

As 26 detenções estão maioritariamente ligadas a desacatos à autoridade por membros de partidos políticos, de acordo com Inácio Dina.

O caso mais grave ocorreu no domingo, último dia de campanha, na cidade de Tete, centro de Moçambique, onde a polícia invadiu a sede da Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), principal partido da oposição, alegadamente para resgatar três membros da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), partido no poder, após confrontos violentos entre as caravanas das duas forças políticas.

“A polícia teve de ir resgatar os três indivíduos que estavam em cativeiro e um deles era um adolescente de 13 anos”, afirmou o porta-voz da polícia, acrescentando que na sequência desta operação a corporação foi obrigada a disparar balas de borracha e a usar gás lacrimogéneo.

Na sequência do incidente, 12 pessoas foram detidas e outras 13 ficaram feridas.

Apesar destes dados, a polícia moçambicana faz um balanço positivo da campanha eleitoral, apelando aos membros dos partidos políticos para optarem pelo civismo.

“[Queremos] chamar à consciência todas as formações políticas, partidos e grupos de cidadãos eleitores para que se responsabilizem em consciencializar os seus simpatizantes para que se distanciem de atos que possam provocar alteração da ordem pública”, apelou Inácio Dina.

As eleições autárquicas em Moçambique estão marcadas para quarta-feira.

EYAC // SR

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS