Caso real | «Disse não à epidural e foi a melhor decisão da minha vida»

«Ao ouvir os testemunhos de amigas que já tinham sido mães, o parto era um dos momentos que mais temia.»

Caso real | «Disse não à epidural e foi a melhor decisão da minha vida»

Caso real | «Disse não à epidural e foi a melhor decisão da minha vida»

«Ao ouvir os testemunhos de amigas que já tinham sido mães, o parto era um dos momentos que mais temia.»

Um caso real. «Vivi uma gravidez super tranquila e durante nove meses ansiei por conhecer o Guilherme. Já estávamos a planear ter um filho há vários meses e, quando vi o resultado do teste, fiquei em êxtase: o nosso grande sonho ia concretizar-se.

As semanas foram passando e a ansiedade pelo grande dia era cada vez maior. Ao ouvir os testemunhos de amigas que já tinham sido mães, o parto era um dos momentos que mais temia. Felizmente, tinha uma equipa excecional à minha volta.

LEIA DEPOIS
Meteorologia: Previsão do tempo para esta sexta-feira, 7 de fevereiro

Conheça mais casos reais como este no nosso site Crescer.

«A dor é muita, mas a capacidade do corpo humano é incrível»

O dia chegou e lá fomos nós de «malas e bagagens» para a maternidade. As contrações começaram a todo o vapor. O que, na altura, me pareceram horas sem fim, agora parecem segundos a voar. Mas lembro-me do preciso momento em que o anestesista chegou para me ler todas as condições da epidural para que desse consentimento. O bom e o mau, que aos meus olhos tudo pareceu mau.

Fiquei em pânico, super assustada com alíneas que ele ia lendo. Sei que tem imensos benefícios, mas a minha cabeça só pensava:  «Eu não quero levar isto».

Não levei. Disse que ‘não’ à epidural e foi a melhor decisão da minha vida. A dor é muita, mas a capacidade do corpo humano é incrível. Mal colocaram o Guilherme no meu peito o amor tomou conta de qualquer dor que ainda existisse.»

Um testemunho real de Maria Silva.

LEIA MAIS
Espanca mulher à frente dos filhos menores em Cascais

 

Impala Instagram


RELACIONADOS