Caso Maddie: Novas pistas levam polícia a iniciar buscas

As autoridades estão à procura de uma mulher da Europa de Leste, que vivia no Algarve, quando se deu o desaparecimento de Maddie McCann

Caso Maddie: Novas pistas levam polícia a iniciar buscas

As autoridades estão à procura de uma mulher da Europa de Leste, que vivia no Algarve, quando se deu o desaparecimento de Maddie McCann

Novos desenvolvimentos na investigação do misterioso desaparecimento de Maddie levaram as autoridades britânicas a procurarem uma mulher que alegadamente será uma testemunha chave no caso.

Scotland Yard recebeu, este ano, cerca de 175 mil euros para continuar a investigação do polémico caso. De acordo com a comunicação social inglesa, este financiamento foi especificamente atribuído para ser utilizado para encontrar uma mulher, da Europa de Leste que viveu, na altura do incidente, perto da Praia da Luz, no Algarve.

Segundo o jornal “The Sun”, os detectives responsáveis pela Operação “Grange” acreditam que a mulher em causa poderá trazer novas pistas e provas sobre o trágico desaparecimento da criança britânica.

“Ela (a mulher procurada) pode ter visto ou ouvido alguma coisa que, apesar de poder ter parecido insignificante na altura, para nós poderá ser essencial. Se se reconhecer a ela própria deve contactar a polícia. Não tem nada a temer. É só para a podermos eliminar mais uma pessoa a questionar”, revelou uma fonte das autoridades à publicação.

Madeleine McCann, conhecida como ‘Maddie’, desapareceu na Praia da Luz, no Algarve, a 3 de maio de 2007 quando dormia com os seus irmãos gémeos, num apartamento no complexo turístico. Quase desapareceu,  a criança estaria, alegadamente a dormir no apartamento de férias, enquanto os pais se encontravam a jantar num restaurante próximo. Entre as várias teorias que explicam o trágico desaparecimento da menina, as autoridades acreditam, atualmente, que o mais provável é que Maddie tenha sido levada durante um assalto que correu mal.

 

Clique nas imagens e leia mais artigos em destaque

Aos 45 anos, Catarina Furtado deslumbra com look transparente
Sofia Ribeiro chora morte do pai, vítima de cancro nos pulmões
Sofia Ribeiro chora morte do pai, vítima de cancro nos pulmões
Alerta da comunidade científica: Unhas de gel podem provocar cancro de pele
Alerta da comunidade científica: Unhas de gel podem provocar cancro de pele
Fátima Lopes tem nova paixão
O utensílio de cozinha que separa pobres e ricos

Impala Instagram


RELACIONADOS