Casal homossexual foi agredido violentamente em Coimbra

Casal diz ter sido agredido após ter-se beijado em frente ao Alma shopping, em Coimbra

Casal homossexual foi agredido violentamente em Coimbra

Casal homossexual foi agredido violentamente em Coimbra

Casal diz ter sido agredido após ter-se beijado em frente ao Alma shopping, em Coimbra

“Camisola rasgada, sangue por todo o lado, 8 pontos… “, começa por relatar Duarte, de 24 anos, um dos agredidos.

O jovem diz que tudo aconteceu após terem sido vistos a dar um beijo à porta daquela superfície comercial.

“Uma família de ciganos, fez questão de chamar-nos paneleiros, pedófilos (não sei bem porquê), entre várias ameaças de morte”, pode ler-se na publicação que está a ser partilhada de forma massiva.

O jovem relata que foram cuspidos, agredidos com um alicate, atirados ao chão e pontapeados.

“Nunca tinha sido vitima de semelhante, sempre tentei evitar os estereótipo que existe da etnia cigana”, conta.

O caso foi encaminhado para a polícia e o jovem frisa que tudo “aconteceu no Alma Shopping, e os seguranças só apareceram quando os agressores foram embora”

A superfície comercial já emitiu um comunicado, demarcando-se da situação.

“Pelas 19:00 do dia 14 de julho, foi solicitado um pedido de auxílio à equipa de segurança do Alma Shopping no seguimento de distúrbios e agressões no exterior do centro, na rua D. João III. O segurança do centro procurou atuar de imediato, mas, chegado ao local, as perturbações já teriam terminado. No entanto foram prestados os primeiros socorros às vitimas pela equipa de vigilância do Centro. O Alma Shopping lamenta o sucedido e repudia qualquer tipo de violência ou coação contra terceiros. Desejamos a mais rápida recuperação física e psicológica das vítimas.”

O casal foi assistido pelo INEM e desencaminhado para o hospital.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS