Bonecas sexuais também vão fazer tarefas domésticas

As bonecas sexuais são uma das tendências mais lucrativas no mercado do sexo. Mas uma empresa prepara-se para dar o passo seguinte.

Bonecas sexuais também vão fazer tarefas domésticas

Bonecas sexuais também vão fazer tarefas domésticas

As bonecas sexuais são uma das tendências mais lucrativas no mercado do sexo. Mas uma empresa prepara-se para dar o passo seguinte.

Uma das maiores tendências atuais no mercado do sexo, em exponencial crescimento são as bonecas sexuais. Cada vez mais reais, tanto são procuradas em bordeis como para uso privado. Apesar de toda a controvérsia, uma empresa chinesa que comercializa estes robôs decidiu levar a polémica a outro nível. Acreditando ser o «negócio do futuro», a Exdoll vai acrescentar a estas bonecas a capacidade de realizar tarefas domésticas.

LEIA DEPOIS
Professora do ano detida por suspeitas de pedofilia

Chineses estão a desenhar bonecas sexuais para terem «conversas com humanos»

«A China tem falta de mulheres e é este o principal fator que contribui para a tão grande procura de robôs sexuais. Mas estas máquinas podem servir para muito mais do que apenas para sexo. Estamos a desenhá-las e a desenvolver tecnologia muito avançada, para que as nossas bonecas possam ter conversas com humanos e ajudar nas tarefas domésticas», revelou Wuy Xingliang, diretor da Exdoll. Mas esta empresa não pretende ficar por aqui. A Exdoll acredita que as bonecas sexuais são apenas o principio. A Exdoll quer estender o seu mercado para áreas como a saúde e atendimento ao cliente. «Porque não robôs sexuais que são capazes de trabalhar como secretárias ou assistentes médicos?», sugeriu o diretor.

LEIA MAIS
Sem-abrigo que dormia em paragem morto à pedrada [vídeo+18]
Violada na escola por três colegas, um deles seropositivo, acaba suspensa

Impala Instagram


RELACIONADOS