Bebé degolada encontrada em lixeira sobrevive contra todas as previsões

Apesar dos contornos macabros, a história desta bebé degolada tem final feliz. Sobreviveu contra todas as previsões dos médicos, por causa de uma mulher a quem chamam »anjo da guarda».

O caso da bebé degolada encontrada numa lixeira aconteceu na China. Apesar dos contornos macabros, a história tem final feliz. A menina sobreviveu contra todas as previsões dos médicos. Não teria sido este o final se Liu Xiaoying não tivesse salvadoo a criança. Quando a encontrou, numa lixeira, a recém-nascida tinha «a cabeça roxa e estava coberta de sangue».

LEIA MAIS: Mulher desiste da adoção ao ver a cara da bebé

Após primeiros socorros, a bebé sobreviveu e foi adotada pelo seu «anjo da guarda»

Levou-a para o hospital, onde, após primeiros socorros e consequente tratamento, sobreviveu. Foi posteriormente adotada pelo seu «anjo da guarda», que tem agora 88 anos.

Esta bebé degolada e deixada numa lixeira não foi a única salva por Liu Xiaoying

Ao longo da vida, Liu Xiaoying e o marido percorriam diariamente lixeiras, de modo a salvarem a vida de meninas. Na China, crianças do sexo feminino são muitas vezes abandonadas, por serem um encargo para as famílias, que têm de pagar dote para as casar, e também por serem, quando numerosas, sinal de que a família estará amaldiçoada. Liu Xiaoying nunca aceitou esta crueldade da sociedade e acabou por salvar mais de 30 recém-nascidas. Ela e o marido, casal com dificuldades económicas, não puderam ficar com todas elas as meninas que salvaram, mas para cada uma conseguiram um lar, em casa de familiares ou amigos, onde cresceram felizes e saudáveis.

LEIA MAIS: Bárbara Guimarães aproveita o feriado com o namorado [fotos exclusivas]

Esta luta para salvar meninas de um fim trágico começou, para Liu Xiaoying, em 1972, ano em que, por acaso, ouviu um choro de criança num amontoado de lixo. Quando a este abandono se juntaram outras crianças, a chinesa decidiu dedicar a vida a procurar bebés no lixo, levá-los para casa e encontrar um lar para cada um deles.

Na localidade chinesa onde reside, Liu Xiaoying é uma heroína a quem chamam «anjo da guarda». Hoje, com 88 anos, os problemas graves de saúde já não a deixam percorrer as lixeiras, mas não a coíbem de alertar a sociedade para este flagelo. Com uma insuficiência renal grave, Liu Xiaoying dedica o que lhe resta de vida a dar entrevistas para consciencializar a sociedade chinesa.

LEIA MAIS: Helena Ramos morreu sozinha | «Nunca ninguém perguntou se estava melhorzinha»

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Bebé degolada encontrada em lixeira sobrevive contra todas as previsões

Apesar dos contornos macabros, a história desta bebé degolada tem final feliz. Sobreviveu contra todas as previsões dos médicos, por causa de uma mulher a quem chamam »anjo da guarda».