Vírus: Menos 78% de visitantes em Macau durante Ano Novo Lunar

As chegadas de visitantes a Macau durante a chamada “semana dourada” do Ano Novo Lunar, entre 24 de janeiro e hoje, desceram 78% comparativamente a igual período de 2019, indicou o ‘site’ dos Serviços de Turismo.

Vírus: Menos 78% de visitantes em Macau durante Ano Novo Lunar

Vírus: Menos 78% de visitantes em Macau durante Ano Novo Lunar

As chegadas de visitantes a Macau durante a chamada “semana dourada” do Ano Novo Lunar, entre 24 de janeiro e hoje, desceram 78% comparativamente a igual período de 2019, indicou o ‘site’ dos Serviços de Turismo.

As festas do Ano Novo Lunar ficaram marcadas este ano, em Macau e na China, pelo surto do novo coronavírus, com os primeiros casos de infeção a serem registados no final do ano em Wuhan, capital da província chinesa de Hubei, no centro do país.

De acordo com dados provisórios do Corpo de Polícia de Segurança Pública, citados pelo Turismo de Macau, 261.069 visitantes entraram em Macau contra 1.213.487 milhões entre 04 e 10 de fevereiro do ano passado, a “semana dourada” do ano novo lunar de 2019.

Os postos fronteiriços das Portas do Cerco (93.449), o aeroporto internacional de Macau (44.918) e a ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau (43.263) foram os que registaram maior movimento.

Sábado, 25 de janeiro, foi o dia que registou o maior número de entradas, com 57.838 entradas de visitantes, menos 59% do que no ano passado.

O número de visitantes oriundos da China (149.244) caiu 83% em relação à “semana dourada” de 2019, de acordo com os mesmos dados.

Devido ao número crescente de infeções com o novo coronavírus, as autoridades chinesas cancelarem as festividades do Ano Novo Lunar em todo o país, e apelaram à população para se manter em casa e evitar locais com grande concentração de pessoas para diminuir o risco de contágio e de propagação do vírus.

Em 22 de janeiro, Wuhan, centro do surto de coronavírus, cancelou voos e ligações ferroviárias para fora da cidade, dando início a uma quarentena que se prolonga até hoje.

Também em Macau as autoridades cancelaram festividades e espetáculos públicos comemorativos do ano novo lunar e estenderam os feriados da época por mais dois dias para os serviços públicos, apelando às empresas privadas para tomarem a mesma medida.

O Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus, criado pelo Governo de Macau, registou sete casos confirmados da doença, todos de residentes de Wuhan.

A China elevou hoje para 213 mortos e 9.692 infetados o balanço de vítimas do novo coronavírus.

Além do território continental da China, foram reportados casos de infeção em Macau, Hong Kong, Taiwan, Tailândia, Japão, Coreia do Sul, Estados Unidos da América, Singapura, Vietname, Nepal, Malásia, Austrália, Canadá, Alemanha, França (primeiro país europeu a detetar casos), Finlândia e Emirados Árabes Unidos.

EJ // JMC

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS