Coronavírus: 17 portugueses retidos em Wuhan vão ser retirados na sexta-feira

Os 17 portugueses retidos na cidade chinesa de Wuhan, onde teve origem um novo coronavírus que matou já 170 pessoas e que foi colocada sob quarentena de facto, vão ser retirados na sexta-feira.

Coronavírus: 17 portugueses retidos em Wuhan vão ser retirados na sexta-feira

Coronavírus: 17 portugueses retidos em Wuhan vão ser retirados na sexta-feira

Os 17 portugueses retidos na cidade chinesa de Wuhan, onde teve origem um novo coronavírus que matou já 170 pessoas e que foi colocada sob quarentena de facto, vão ser retirados na sexta-feira.

O avião, que vai fazer o repatriamento dos cidadãos portugueses e outros europeus desde aquela cidade, situada no centro da China, saiu hoje de manhã do aeroporto de Beja em direção a uma das pistas da base aérea n.º 11, de onde descolou às 10:06. Os 17 portugueses retidos na cidade chinesa de Wuhan, onde teve origem um novo coronavírus que matou já 170 pessoas e que foi colocada sob quarentena de facto, vão ser retirados na sexta-feira, disse um deles à Lusa.

LEIA DEPOIS
Violência contra profissionais de saúde vai ser crime de investigação prioritária

Operação de repatriamento de europeus será rodeada de discrição

O ministro português dos Negócios Estrangeiros disse hoje que a operação de repatriamento de portugueses e outros europeus residentes na cidade chinesa de Wuhan, onde teve origem um coronavírus perigoso, é muito complexa e exige discrição absoluta.

“Confirmamos que os portugueses residentes em Wuhan e que pediram repatriamento para Portugal estão inscritos na operação de repatriamento que está a ser organizada a nível europeu, com a participação de Portugal, mas essa operação, para ter sucesso, precisa de ser rodeada da discrição e da prudência necessárias”, afirmou à Lusa o ministro Augusto Santos Silva.

LEIA MAIS
Cruzeiro com milhares de passageiros retidos. Veja as fotos do interior
Menino de 9 anos esfaqueia irmã mais nova de 5 anos

Impala Instagram


RELACIONADOS