Vinte e três milhões de euros em prémios para projetos de reabilitação urbana no Centro

A Autoridade de Gestão do programa Centro 2020 revelou hoje que vai distribuir 23 milhões de euros por 75 municípios da região para premiar o seu desempenho na execução de projetos na área urbana.

Vinte e três milhões de euros em prémios para projetos de reabilitação urbana no Centro

Vinte e três milhões de euros em prémios para projetos de reabilitação urbana no Centro

A Autoridade de Gestão do programa Centro 2020 revelou hoje que vai distribuir 23 milhões de euros por 75 municípios da região para premiar o seu desempenho na execução de projetos na área urbana.

Desse montante, 8,5 milhões de euros são atribuídos a 24 autarquias que concretizaram planos estratégicos de desenvolvimento urbano (PEDU), disse à agência Lusa a presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), Isabel Damasceno.

“Na contratualização para efeitos de obras de requalificação urbana, celebrada com os 100 municípios da região, estava prevista uma avaliação dos respetivos programas”, recordou.

Foi na sequência dessa avaliação, efetuada em fevereiro, e tendo “em conta os níveis de execução físicos e financeiros”, que a Autoridade de Gestão, “dentro das disponibilidades orçamentais existentes”, fixou o montante para cada um dos 75 prémios, explicou.

As verbas concedidas “destinam-se obrigatoriamente a investimentos em requalificações urbanas ou para reforçar candidaturas já aprovadas e em obra”, ou ainda “para novas candidaturas cujos projetos tenham níveis de maturidade elevados”, acrescentou a antiga presidente da Câmara Municipal de Leiria.

Coimbra é contemplada com um prémio de 940.717 euros, o mais elevado daquela lista de 24 “centros urbanos de nível superior” que desenvolveram os PEDU.

Seguem-se os municípios de Leiria (787.641 euros), Aveiro (551.071 euros) e Torres Vedras (517.672 euros).

Já na execução dos planos de ação de regeneração urbana (PARU), foram distinguidos 51 municípios, classificados como “centros urbanos complementares”, cujos prémios totalizam 14,5 milhões de euros.

Destes, foram premiados com mais de 500 mil euros os concelhos de Anadia (634.360 euros), Estarreja (596.488 euros), Albergaria-a-Velha (558.323 euros), Porto de Mós (541.331 euros) e Oliveira do Bairro (513.314 euros).

CSS // SSS

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS