Vinte e cinco concelhos de cinco distritos em perigo máximo de incêndio

Vinte e cinco concelhos de cinco distritos de Portugal continental apresentam hoje um perigo máximo de incêndio devido à previsão de tempo quente, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera

Vinte e cinco concelhos de cinco distritos em perigo máximo de incêndio

Vinte e cinco concelhos de cinco distritos em perigo máximo de incêndio

Vinte e cinco concelhos de cinco distritos de Portugal continental apresentam hoje um perigo máximo de incêndio devido à previsão de tempo quente, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera

Em perigo máximo de incêndio estão concelhos dos distritos de Bragança, Guarda, Vila Real, Viseu e Castelo Branco. O IPMA colocou ainda mais de 40 concelhos dos distritos de Vila Real, Braga, Viseu, Guarda, Coimbra, Castelo Branco, Santarém e Portalegre em perigo muito elevado de incêndio. O perigo de incêndio, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Indústria de ‘pellets’ põe em causa floresta portuguesa
A indústria de ‘pellets’, pequenos aglomerados de madeira para aquecimento e produção de energia, consumiu mais de 1,5 milhões de toneladas de madeira em 2021 e põe em causa a floresta portuguesa, alerta a associação ambientalista Zero (… continue a ler aqui)

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas. O IPMA prevê para hoje no continente uma descida da temperatura, em especial da máxima, e precipitação fraca, sobretudo nas regiões Norte e Centro, sendo o vento fraco a moderado.

O IPMA prevê para hoje no continente uma descida da temperatura, em especial da máxima

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 14ºC em Viseu e na Guarda e os 18ºC em Faro e as máximas entre os 20ºC em Viana do Castelo e os 31ºC em Bragança.

Impala Instagram


RELACIONADOS