Vigília junto ao parlamento pede mais condições para doentes de crohn e colite ulcerosa

A Associação Crohn Colite Portugal promove hoje uma vigília junto à Assembleia da República para pedir medidas urgentes para a melhoria das condições das pessoas com graves estas inflamações do intestino.

Vigília junto ao parlamento pede mais condições para doentes de crohn e colite ulcerosa

Vigília junto ao parlamento pede mais condições para doentes de crohn e colite ulcerosa

A Associação Crohn Colite Portugal promove hoje uma vigília junto à Assembleia da República para pedir medidas urgentes para a melhoria das condições das pessoas com graves estas inflamações do intestino.

A vigília, que decorre no Dia Mundial para a Sensibilização das Doenças Inflamatórias do Intestino (DII), terá lugar entre as 08:00 e as 16:00. A presidente da associação, Vera Gomes, citada em comunicado, sublinha que “urge resolver problemas graves que impedem que haja equidade não só nos cuidados de saúde, mas também no mercado de trabalho, no ambiente escolar e na sociedade portuguesa”.

Linha telefónica para denunciar crianças em perigo recebeu 2.550 chamadas em dois anos
A linha telefónica para denunciar crianças em situação de perigo ou risco recebeu 2.550 chamadas em dois anos, sendo algumas graves e desconhecidas, segundo a Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção de Crianças e Jovens (… continue a ler aqui)

A associação quer alertar os deputados para “ideias concretas” para promover mudanças, entre elas a criação de Centros de Referência para a DII, acesso a medicamentos inovadores em qualquer parte de Portugal, comparticipação dos suplementos usados no âmbito da nutrição clínica, comparticipação de exames e análises na rede convencionada do Serviço Nacional de Saúde e a inclusão nas doenças incapacitantes.

“Urge resolver problemas graves que impedem que haja equidade”

Querem ainda a criação de “um Cartão WC destinado a pessoas com condições médicas que, requerendo o uso urgente imediato de instalações sanitárias, lhes permita o acesso a qualquer instalação sanitária, em qualquer estabelecimento”.

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS