Víbora-cornuda é uma das duas serpentes venenosas existentes em Portugal

Um rapaz de 11 anos foi mordido por uma víbora, em Penela. Foi socorrido e estabilizado já no hospital. Podia ter morrido.

Víbora-cornuda é uma das duas serpentes venenosas existentes em Portugal

Víbora-cornuda é uma das duas serpentes venenosas existentes em Portugal

Um rapaz de 11 anos foi mordido por uma víbora, em Penela. Foi socorrido e estabilizado já no hospital. Podia ter morrido.

Um rapaz de 11 anos foi mordido por uma víbora em Penela. A criança foi assistida, levada para o hospital e foi estabilizada, informou o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC). Filho de pais estrangeiros, residentes em Portugal há vários anos, a criança foi internada na Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos (UCIP) depois de ter sido mordido por uma víbora, na zona da Pedra da Ferida, na Serra do Espinhal, em Penela.

LEIA DEPOIS
Biólogos portugueses editam guia para sobreviver aos 140 tipos de serpentes em Angola
Angola tem mais de 140 tipos de serpentes, um terço das quais com venenos perigosos, o que preocupa quem vive e trabalha neste país e motivou dois investigadores portugueses a escreverem um livro sobre estas espécies (… continue a ler aqui)

Mordido por víbora cornuda durante passeio na Serra do Espinhal

Segundo o CHUC, o rapaz, de origem inglesa, deu entrada no serviço de urgência do Hospital Pediátrico «em choque, situação que exigiu intervenção de caráter intensivo a nível hemodinâmico do paciente, com tratamento adequado, prevenindo-se, assim, possíveis complicações graves». O rapaz foi mordido na mão por uma víbora-cornuda (Vipera latastei) durante um passeio com o pai na Serra do Espinhal. Esta espécie de víbora está presente em todo o território nacional, Espanha e em algumas zonas do Norte de África.  Pode atingir um comprimento até 70 centímetros e o seu veneno é tóxico, mas não é fatal.

Ferimentos de uma mordedura desta cobra podem marcar para a vida

Costuma ouvir-se que em Portugal não existem cobras venenosas mas tal não é verdade. Existem oito espécies de serpentes, mas só duas têm um veneno tóxico. A víbora de Seoane – que se encontra apenas no Parque Nacional da Peneda-Gerês – e a cornuda, que mordeu o rapaz de 11 anos. Os ferimentos consequentes de uma mordedura desta cobra podem marcar para a vida e os idosos e as crianças podem mesmo morrer devido ao seu metabolismo mais frágil. A víbora-cornuda só ataca pessoas quando se sente ameaçada e nos casos de mordedura mais graves é aplicado à vítima um  antídoto genérico para víboras.

Impala Instagram


RELACIONADOS