Universidade de Évora atribui Honoris Causa a Alexandre Quintanilha e Pat Sandra

A Universidade de Évora anunciou hoje que vai atribuir o grau de Doutor Honoris Causa aos cientistas Alexandre Quintanilha e Pat Sandra, numa cerimónia marcada para segunda-feira, no Colégio do Espírito Santo.

Universidade de Évora atribui Honoris Causa a Alexandre Quintanilha e Pat Sandra

Universidade de Évora atribui Honoris Causa a Alexandre Quintanilha e Pat Sandra

A Universidade de Évora anunciou hoje que vai atribuir o grau de Doutor Honoris Causa aos cientistas Alexandre Quintanilha e Pat Sandra, numa cerimónia marcada para segunda-feira, no Colégio do Espírito Santo.

A cerimónia, segundo um comunicado da academia alentejana enviado à agência Lusa, está agendada para as 16:00 de segunda-feira, na Sala dos Atos, no Colégio do Espírito Santo, principal edifício da universidade alentejana.

O Conselho Científico da UÉ considerou “oportuno” homenagear Alexandre Quintanilha “pelo seu extraordinário percurso científico” e “também pelo importante contributo que deu à ciência em Portugal”, pode ler-se no comunicado.

Este contributo de Alexandre Quintanilha, segundo o Conselho Científico, foi dado “transmitindo o conhecimento, desenvolvendo a investigação científica, formando gerações de cientistas e promovendo militantemente a ciência na educação”.

O patrono do doutoramento Honoris Causa do cientista português vai ser o professor doutor Manuel Sobrinho Simões, indicou a UÉ.

Quanto à atribuição do grau de Doutor Honoris Causa ao professor Pat Sandra, natural da Bélgica, “não é mais do que o reconhecimento pelo seu inestimável contributo para a ciência, em sentido lato, e para a química analítica e a ciência separativa em particular”, segundo é referido na nota de propositura do Conselho Científico da UÉ.

RRL // MLM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS