Unicef lança campanha de angariação de fundos para combater anemia em Cabo Verde

O Unicef Portugal anunciou hoje o lançamento de uma campanha de angariação de fundos para apoiar a distribuição de suplementos de ferro em Cabo Verde, onde 43% dos menores de cinco anos sofrem de anemia.

Unicef lança campanha de angariação de fundos para combater anemia em Cabo Verde

Unicef lança campanha de angariação de fundos para combater anemia em Cabo Verde

O Unicef Portugal anunciou hoje o lançamento de uma campanha de angariação de fundos para apoiar a distribuição de suplementos de ferro em Cabo Verde, onde 43% dos menores de cinco anos sofrem de anemia.

Sob o lema “Solidariedade de Ferro”, a campanha da secção portuguesa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) visa recolher donativos que permitam continuar a distribuir suplementos de minerais e vitaminas para compensar “as carências de uma alimentação pouco variada e pobre em carne e peixe” das crianças cabo-verdianas.

“Junto da população cabo-verdiana, foi identificada uma percentagem muito elevada de crianças menores de cinco anos com anemia, 43 por cento. Este é um grave problema de saúde pública, que afeta de forma irreversível o desenvolvimento mental e físico das crianças”, adianta a organização.

A diretora executiva do Unicef Portugal, Beatriz Imperatori, apelou, por isso, ao “donativo dos portugueses” que permitirá “às famílias cabo-verdianas garantir que a refeição dos seus filhos contém os micronutrientes necessários para um crescimento saudável”.

Segundo Beatriz Imperatori, “com apenas 32,24 euros” é possível garantir uma nutrição equilibrada para 10 crianças durante seis meses.

Cabo Verde tem em curso, desde 2017, uma campanha de distribuição de suplementos de ferro e vitaminas, devido à elevada prevalência da anemia no país que, no início desta campanha, atingia 52% desta população.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) classifica como “um problema grave de saúde pública” qualquer prevalência de anemia acima dos 40%.

A campanha abrange os jardins de infância e serviços de saúde do arquipélago e é financiada pelo Unicef.

As autoridades cabo-verdianas preveem uma diminuição de 20% da prevalência da anemia em Cabo Verde.

CFF // VM

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS