UE/Presidência: Ameaças ao oceano pedem “ação conjunta”

O ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, defendeu hoje que as ameaças oceânicas pedem uma “ação conjunta” e que a União Europeia (UE) quer liderar “através do exemplo” o caminho rumo a um futuro azul.

UE/Presidência: Ameaças ao oceano pedem

UE/Presidência: Ameaças ao oceano pedem “ação conjunta”

O ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, defendeu hoje que as ameaças oceânicas pedem uma “ação conjunta” e que a União Europeia (UE) quer liderar “através do exemplo” o caminho rumo a um futuro azul.

“Os ministros [do Mar] da UE reafirmaram hoje que querem liderar o caminho através do exemplo, querem influenciar e cooperar com outras nações do mundo em direção a um futuro azul”, afirmou Ricardo Serrão Santos em conferência de imprensa, após uma reunião ministerial que decorreu a partir de Lisboa, no âmbito da presidência portuguesa do Conselho da UE.

Frisando a existência de “apenas um oceano global, com bacias interligadas e verdadeiramente permutáveis”, o responsável apontou que “as ameaças oceânicas e as promessas para um mundo melhor apelam a uma ação conjunta”.

O ministro enfatizou a importância desta matéria anunciando “a primeira escola azul” nos Países Baixos, o que constitui “um fator de orgulho nacional” por se tratar de um conceito “que nasceu em Portugal”.

Na reunião desta manhã, os ministros do Mar da UE discutiram também as conclusões adotadas pelo Conselho Europeu sobre a Política Marítima Integrada dedicada a uma economia azul sustentável.

Segundo o governante, essas conclusões, que assentam em “quatro eixos – saúde, conhecimento, prosperidade e equidade social -“, foram apoiadas por “todos” os Estados-membros.

“Já não serão apenas o Pacto Ecológico Europeu e as estratégias que se seguiram, mas há agora uma forte componente azul: o mar, no seu uso sustentável, está no centro da decisão da UE e este é um passo fundamental”, considerou.

Ricardo Serrão Santos terminou chamando a atenção para a conferência “A Blue Agenda in The Green Deal”, que decorrerá hoje à tarde, a partir de Lisboa.

“Partiremos da Agenda para o Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas e daremos a nossa atenção, em particular, à oportunidade de avançar conhecimento científico sobre o oceano”, concluiu.

JAYG // MDR

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS