Tribunal atribui a Rosa Grilo a autoria do disparo. António Joaquim a caminho da absolvição?

Um erro informático fez com que uma das alterações feitas pelo tribunal não ficasse registada. Essa mudança coloca Rosa Grilo como autora disparo que matou o marido

Tribunal atribui a Rosa Grilo a autoria do disparo. António Joaquim a caminho da absolvição?

Um erro informático fez com que uma das alterações feitas pelo tribunal não ficasse registada. Essa mudança coloca Rosa Grilo como autora disparo que matou o marido

A sentença de Rosa Grilo e António Joaquim voltou a ser adiada pelo tribunal. É que este tinha feito mais uma mudança na acusação de Rosa Grilo e António Joaquim só que não a comunicou na sessão de 10 de janeiro devido a um lapso informático que fez com que não ficasse registada.

Mas esta alteração vem mudar as coisas, uma vez que atribui a Rosa Grilo a autoria do disparo que terá matado o marido Luís Grilo.

LEIA MAIS Filho de Rosa Grilo bloqueou números de telefone da família materna

Mas esta poderá não ser a decisão final uma vez que podem faltar provas.

As alterações não substanciais conhecidas até agora, e anunciadas pelo tribunal a 10 de janeiro, apenas atribuíam à arguida a decisão de matar o marido, mas agora, ponto 36 da acusação, lê-se que foi a arguida a disparar.

Para o próximo dia 18, o tribunal aceitou ouvir duas testemunhas ( a defesa pediu para serem ouvidas quatro).  São elas uma amiga de universidade de Luís Grilo que garantiu em tribunal que o triatleta lhe confidenciou que estava a ser “ameaçado” por um “parceiro angolano”, e um triatleta que foi atropelado meses antes de Luís Grilo alegadamente desaparecer.

Certo é que António Joaquim a aguardar em liberdade e com Rosa Grilo a ser apontada como autora do disparo, a condenação do amante pode estar cada vez mais longe.

Impala Instagram


RELACIONADOS