Três obras de Werner Schroeter vão estar ‘online’ de graça na Medeia Filmes

Três filmes do realizador alemão Werner Schroeter, produzidos e rodados em Portugal, vão estar disponíveis ‘online’ na próxima semana, assinalando-se uma década da morte do cineasta, revelou hoje a Medeia Filmes.

Três obras de Werner Schroeter vão estar 'online' de graça na Medeia Filmes

Três obras de Werner Schroeter vão estar ‘online’ de graça na Medeia Filmes

Três filmes do realizador alemão Werner Schroeter, produzidos e rodados em Portugal, vão estar disponíveis ‘online’ na próxima semana, assinalando-se uma década da morte do cineasta, revelou hoje a Medeia Filmes.

De acordo com a exibidora, do produtor Paulo Branco, os filmes “O rei das rosas” (1986), “Duas” (2002) e “Esta noite” (2008) poderão ser vistos de forma gratuita na página da Medeia Filmes na Internet, entre 30 de abril e 03 de maio.

Dos cerca de quarenta filmes feitos por Werner Schroeter, entre ficção e documentário, aqueles três foram rodados em Portugal e produzidos por Paulo Branco, que o considera “um dos maiores vultos do cinema da segunda metade do século XX e inícios do século XXI”.

“O rei das rosas” é um “filme singularíssimo e um tributo à sua musa desde a primeira hora, Magdalena Montezuma”, “Duas”, que conta com Isabelle Huppert, Bule Ogier e Rogério Samora, foi rodado em Sintra e em Lisboa.

“Esta noite” é o último filme de Werner Schroeter, exibido em 2008 no festival de cinema de Veneza, onde o cineasta foi recebido com Leão de Ouro Especial do júri.

O filme é uma adaptação de um romance do escritor uruguaio Juan Carlos Onetti, foi rodado no Porto com a participação, entre outros, de Nuno Lopes, Filipe Duarte e Teresa Tavares, e foi apresentado naquele ano pelo cineasta no festival de cinema do Estoril, organizado por Paulo Branco.

Nascido a 07 de abril de 1945, Werner Schroeter era considerado uma das figuras centrais do novo cinema alemão do pós-guerra, embora o próprio afirmasse que não tinha qualquer intenção de pertencer a um movimento.

Contemporâneo de Fassbinder, Wim Wenders e Werner Herzog, Werner Schroeter, trabalhou ao lado do realizador Rosa von Praunheim em dramas psicológicos e emotivos.

Além do cinema, Werner Schroeter escreveu para teatro e encenou espetáculos de ópera, sobretudo entre 1990 e 2001, época em que praticamente não filmou.

Werner Schroeter morreu aos 65 anos em abril de 2010.

 

SS // TDI

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS