Trânsito interditado na serra de Sintra devido a alerta laranja

O trânsito na serra de Sintra vai estar interditado, entre quarta-feira e domingo, exceto a transportes públicos e moradores, devido ao “alerta laranja” da Proteção Civil para risco de incêndio, determinou hoje a autarquia.

Trânsito interditado na serra de Sintra devido a alerta laranja

Trânsito interditado na serra de Sintra devido a alerta laranja

O trânsito na serra de Sintra vai estar interditado, entre quarta-feira e domingo, exceto a transportes públicos e moradores, devido ao “alerta laranja” da Proteção Civil para risco de incêndio, determinou hoje a autarquia.

O trânsito na serra de Sintra vai estar interditado, entre quarta-feira e domingo, exceto a transportes públicos e moradores, devido ao “alerta laranja” da Proteção Civil para risco de incêndio, determinou hoje a autarquia. Num despachado assinado pelo presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta (PS), a que a agência Lusa teve acesso, é explicado que esta interdição irá vigorar desde as 00:00 de quarta-feira e as 23:59 de sábado, nas vias que integram o perímetro da serra de Sintra.

“Urge proteger quem vive e visita Sintra com a adoção de medidas adequadas no âmbito da ProteçãoCivil. Urge preservar a Serra de Sintra, Património Mundial UNESCO da Paisagem Cultural, e defendê-la para as gerações vindouras”, sublinha a nota.

Nesse sentido, a circulação na serra de Sintra ficará interditada, exceto para veículos de moradores e de empresas aí sedeadas, transportes públicos de passageiros (todos os veículos titulares de alvará emitido pelo IMT que realizam o transporte de passageiros), veículos de socorro, de emergência e das entidades integrantes do Sistema de Proteção Civil.

A serra de Sintra já tinha sido interditada ao trânsito em maio deste ano, pelas mesmas razões.

Esta medida decorre de uma metodologia aprovada em maio deste ano pelo executivo municipal, segundo a qual, “quando a autoridade competente de Proteção Civil emitir um ‘alerta laranja’ para o distrito de Lisboa, o presidente da Câmara pode determinar a interdição do trânsito nas vias municipais que integram o perímetro da serra”.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) emitiu hoje um alerta vermelho para 13 distritos do centro e norte do país, devido às temperaturas elevadas previstas para os próximos dias e risco agravado de incêndios.

O alerta vermelho, o mais elevado da escala, vai vigorar entre as 00:00 de quarta-feira e 23:59 de domingo, anunciou em conferência de imprensa, em Lisboa, o comandante nacional da ANEPC, Duarte Costa.

Os 13 distritos abrangidos pelo alerta vermelho são Aveiro, Braga, Bragança, Castelo Branco, Santarém, Coimbra, Guarda, Portalegre, Porto, Vila Real, Viana do Castelo, Viseu e Leiria.

ANEPC decidiu manter o alerta laranja, o segundo mais alto da escala, para Beja e Faro, que já estava em vigor para estes distritos, e elevar de amarelo para laranja o alerta para Lisboa, Évorae Setúbal, entre quarta-feira e domingo.

LEIA MAIS

Cancro torna-se na principal causa de morte nos países ricos

Previsão do tempo para quarta-feira, 4 de setembro

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS