Transferência do Infarmed para o Porto volta ao parlamento

Transferência do Infarmed para o Porto volta ao parlamento

A transferência do Infarmed para o Porto volta a ser debatida no parlamento, onde os deputados vão ouvir o Conselho Diretivo e a Comissão de Trabalhadores da instituição, a pedido do PSD.

Lisboa, 17 jul (Lusa) — A transferência do Infarmed para o Porto volta hoje a ser debatida no parlamento, onde os deputados vão ouvir o Conselho Diretivo e a Comissão de Trabalhadores da instituição, a pedido do PSD.


As audições, na Comissão de Saúde, acontecem depois de já ser conhecido um relatório, pedido pelo Governo, segundo o qual a mudança pode melhorar o funcionamento da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) a nível da produtividade.


A Comissão de Trabalhadores alerta, no entanto, para o tempo que demorará a recuperar a perda de grande parte dos funcionários, já que em inquéritos internos mais de 90% disseram não estar disponíveis para se mudarem para o Porto.


A transferência do Infarmed de Lisboa para o Porto foi uma decisão política anunciada pelo ministro da Saúde no final do ano passado, depois de ter sido conhecido que a cidade não foi a candidatura vencedora a receber a Agência Europeia do Medicamento (que vai deixar o Reino Unido).


O Governo pretende que a transferência se faça no próximo ano. Os trabalhadores pedem uma decisão rápida do Governo e alertam que a mudança do Infarmed para o Porto terá consequências graves na saúde em Portugal.


FP (ARP/APN) // HB

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Transferência do Infarmed para o Porto volta ao parlamento

A transferência do Infarmed para o Porto volta a ser debatida no parlamento, onde os deputados vão ouvir o Conselho Diretivo e a Comissão de Trabalhadores da instituição, a pedido do PSD.