Suplemento de ferro contra anemia em Cabo Verde com

Suplemento de ferro contra anemia em Cabo Verde com “impacto positivo” – ministro

O ministro da Saúde e Segurança Social de Cabo Verde afirmou hoje à agência Lusa que os primeiros indicadores sobre a administração de um suplemento vitamínico com ferro às crianças cabo-verdianas demonstram “um impacto positivo” contra a anemia.

Arlindo do Rosário falava no final da cerimónia de abertura do seminário de formação da Rede Nacional de Epidemiologia sobre o Uso de Drogas em Cabo Verde, tendo afirmado que ainda aguardava pelos resultados finais dos estudos sobre o efeito da toma deste suplemento vitamínico.

Desde 2017 que as crianças cabo-verdianas com menos de cinco anos estão a tomar um suplemento vitamínico com ferro (Vitaferro) devido à elevada prevalência da anemia no país que, no início desta campanha, atingia 52% desta população.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) classifica de “um problema grave de saúde pública” qualquer prevalência de anemia acima dos 40%.

De acordo com o ministro Arlindo do Rosário, a avaliação da campanha de distribuição de Vitaferro ainda está em curso, mas os primeiros sinais demonstram “um impacto positivo”.

Questionado sobre a continuidade da distribuição de Vitaferro às crianças com esta faixa etária, o governante disse que a mesma depende das conclusões do estudo.

A campanha de distribuição de Vitaferro, que começou em 2017 nos jardins de infância e serviços de saúde do arquipélago, continuando agora apenas nestes últimos, foi um projeto piloto, financiado pela Unicef, que decorre até ao final deste ano.

As autoridades preveem uma diminuição de 20% da prevalência da anemia em Cabo Verde.

O Vitaferro é um conjunto de vitaminas e minerais que é colocado na comida das crianças a partir dos seis meses de idade e até aos cinco anos.

A anemia pode levar a um desenvolvimento cognitivo inadequado e a um pior desempenho escolar”.

SMM // ANP

By Impala News / Lusa


RELACIONADOS

Suplemento de ferro contra anemia em Cabo Verde com “impacto positivo” – ministro

O ministro da Saúde e Segurança Social de Cabo Verde afirmou hoje à agência Lusa que os primeiros indicadores sobre a administração de um suplemento vitamínico com ferro às crianças cabo-verdianas demonstram “um impacto positivo” contra a anemia.