Sexto caso importado de febre de dengue em Macau

Os Serviços de Saúde de Macau (SSM) registaram o sexto caso importado de febre de dengue, numa altura em que o surto nas regiões vizinhas eleva o risco de uma epidemia no território.

Sexto caso importado de febre de dengue em Macau

Os Serviços de Saúde de Macau (SSM) registaram o sexto caso importado de febre de dengue, numa altura em que o surto nas regiões vizinhas eleva o risco de uma epidemia no território.

“Até ao momento, este ano, os SSM receberam um total de seis casos importados de febre de dengue, os três últimos casos foram importados do Camboja, os outros dois da Malásia e um das Filipinas”, indicaram, em comunicado divulgado na sexta-feira à noite.

Os Serviços de Saúde voltaram a apelar à prevenção e pediram aos médicos que estejam atentos a pacientes suspeitos de febre de dengue, sublinhando que o Laboratório de Saúde Pública proporciona o teste, de forma gratuita, a todas as instituições.

No Camboja, entre o início de 2019 e o final de junho, foram registados mais de 13.000 casos de febre de dengue, dos quais resultaram 24 mortes.

Em Taiwan, segundo a imprensa local, foram já registado 38 casos locais de febre de dengue, o número mais elevado dos últimos dez anos.

“Com condições climatéricas favoráveis, níveis epidémicos elevados nas regiões vizinhas, o risco de ocorrência de casos de febre de dengue e a sua propagação é elevado”, pode ler-se numa nota dos SSM divulgada em junho.

“Uma vez que Macau tem registado a ocorrência de chuvas e existem inúmeros recipientes, ao ar livre, propensos à acumulação de água, a possibilidade de multiplicação de mosquitos é muito elevada”, acrescenta.

FST (JMC) // FST

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS