Sete autores portugueses finalistas para mostra da feira do livro de Bolonha

Sete autores e ilustradores portugueses estão entre os 300 finalistas para integrarem a exposição anual de ilustração da Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, em junho em Itália.

Sete autores portugueses finalistas para mostra da feira do livro de Bolonha

Sete autores portugueses finalistas para mostra da feira do livro de Bolonha

Sete autores e ilustradores portugueses estão entre os 300 finalistas para integrarem a exposição anual de ilustração da Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, em junho em Itália.

A exposição anual de ilustração é um dos pilares daquela feira de negócios livreiros e dá a conhecer regularmente uma seleção do melhor que se faz na área do desenho e da ilustração, sendo ainda atribuído um prémio a um autor com menos de 35 anos.

De entre os 3.200 autores de 68 países que concorreram com trabalhos inéditos ou já publicados a esta exposição, um júri internacional escolheu 303, entre os quais sete portugueses, todos com obra publicada: André Carrilho, Catarina Gomes, Joana Estrela Barbosa, Margarida Botelho, Raquel Costa, Tiago Galo e Teresa Cortez.

Para a exposição deste ano, a 55.ª que a feira do livro organiza, serão escolhidos trabalhos de 80 autores, em data a anunciar. Também vai ser produzido um anuário e a exposição vai estar, depois, em itinerância por vários países.

Em 2020, a organização selecionou o trabalho da ilustradora portuguesa Inês Viegas Oliveira.

Os ilustradores com menos de 35 anos são ainda candidatos a um prémio, criado em parceria com a SM Fundación Internacional, no valor de 12.400 euros e que inclui a edição de um livro. Em 2014, o prémio foi atribuído a Catarina Sobral.

A feira de Bolonha acontece habitualmente entre março e abril, com mais de 1.400 espaços de compra e venda de direitos na área do livro ilustrado, e a presença de 30 mil profissionais, mas em 2020 ocorreu num formato reduzido, com algumas iniciativas ‘online’, por causa da pandemia da covid.

Este ano, a 58.ª edição da feira foi programada de 14 a 17 de junho, na esperança de que possa acontecer com presença física de autores, editores e livreiros.

SS // TDI

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS