Serralves vai deixar processo da ACT de ‘falsos recibos verdes’ seguir para tribunal

O Conselho de Administração da Fundação de Serralves defendeu hoje que os 21 trabalhadores considerados ‘falsos recibos verdes’ pela ACT são “verdadeiros prestadores de serviços”.

Serralves vai deixar processo da ACT de 'falsos recibos verdes' seguir para tribunal

Serralves vai deixar processo da ACT de ‘falsos recibos verdes’ seguir para tribunal

O Conselho de Administração da Fundação de Serralves defendeu hoje que os 21 trabalhadores considerados ‘falsos recibos verdes’ pela ACT são “verdadeiros prestadores de serviços”.

Lisboa, 28 set 2020 (Lusa) — O Conselho de Administração da Fundação de Serralves defendeu hoje que os 21 trabalhadores considerados ‘falsos recibos verdes’ pela ACT são “verdadeiros prestadores de serviços” e vai deixar a decisão sobre este assunto para os tribunais.

“Acreditamos que se trata de uma verdadeira prestação de serviços, não abdicaremos da nossa responsabilidade de ir até às ultimas consequências e deixar que o tribunal decida sobre estes processos”, afirmou hoje a presidente do Conselho de Administração da Fundação de Serralves, Ana Pinho, numa audição parlamentar conjunta das comissões de Cultura e de Trabalho e Segurança Social, a pedido do Bloco de Esquerda (BE), sobre a situação dos trabalhadores precários naquela fundação.

Também hoje, numa outra audição sobre o mesmo tema, a inspetora-geral da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), Luísa Guimarães, tinha revelado que aquele organismo detetou indícios de 21 trabalhadores a ‘falsos recibos verdes’ no Serviço Educativo Artes da Fundação de Serralves.

“É nossa convicção que estes trabalhadores são verdadeiros prestadores de serviços. Serralves não deixará de defender a sua posição”, afirmou Ana Pinho.

A responsável considerou o processo inspetivo da ACT na fundação “todo um pouco surreal”, salientando que aquele organismo “nunca ouviu o Conselho de Administração de Serralves, nem ninguém que represente Serralves”.

JRS // MAG

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS