Santuário de Fátima pede cuidados redobrados aos peregrinos devido ao calor

Santuário de Fátima pede cuidados redobrados aos peregrinos devido ao calor

O Santuário de Fátima recomendou hoje aos peregrinos “cuidados redobrados” face às temperaturas elevadas na Cova da Iria, pedindo para não permanecerem no Recinto de Oração nas horas de mais calor.

“Posto de socorros aberto e fontes de abastecimento de água desimpedidas são algumas das medidas reforçadas” no complexo religioso, concelho de Ourém e distrito de Santarém, segundo uma nota divulgada pelo serviço de comunicação do Santuário de Fátima, que também recomenda aos visitantes para se protegerem do sol.

Perante a onda de calor e os perigos da exposição prolongada ao sol, sobretudo dos chamados grupos de risco (crianças, idosos e doentes crónicos), a instituição “pediu um reforço da atenção dos vigilantes e voluntários, sobretudo nas horas em que há celebrações na Capelinha e no Recinto de Oração”.

Os espaços de acesso às fontes de água do Sagrado Coração de Jesus, em frente à Capelinha, bem como outros lugares de abastecimento de água em toda a área, devem estar “sempre desimpedidos”, mas também o Posto de Socorros “estará a funcionar durante a tarde de hoje e durante todo o dia” de domingo.

“Embora se mantenha o programa oficial”, nomeadamente a celebração dominical no Recinto, às 11:00, que “não pode ser deslocalizada para outro espaço” devido ao elevado número de pessoas, “o Santuário aconselha os peregrinos a procurarem zonas de sombra e a tomarem as medidas de proteção sugeridas pelas autoridades de saúde”

Entre as recomendações principais, a Direcção-Geral de Saúde recomenda “que as pessoas se mantenham hidratadas, protegidas do calor, em lugares frescos e em contacto e atentos aos outros”, acrescenta.

CSS // SB

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Santuário de Fátima pede cuidados redobrados aos peregrinos devido ao calor

O Santuário de Fátima recomendou hoje aos peregrinos “cuidados redobrados” face às temperaturas elevadas na Cova da Iria, pedindo para não permanecerem no Recinto de Oração nas horas de mais calor.