ÚLTIMA HORA: Ronaldo aceita acordo para dois anos de prisão

Cristiano Ronaldo assumiu, segundo o jornal espanhol ‘AS’, fraude e aceitou uma pena de dois anos de prisão em janeiro de 2019.

ÚLTIMA HORA: Ronaldo aceita acordo para dois anos de prisão

ÚLTIMA HORA: Ronaldo aceita acordo para dois anos de prisão

Cristiano Ronaldo assumiu, segundo o jornal espanhol ‘AS’, fraude e aceitou uma pena de dois anos de prisão em janeiro de 2019.

A garantia é do jornal espanhol ‘AS’. Cristiano Ronaldo irá assumir quatro delitos relacionados com crimes fiscais e vai aceitar dois anos de pena não efectiva a partir de janeiro do próximo ano.

Segundo o desportivo, o astro português terá pago um valor de mais de treze milhões de euros às finanças espanholas mas terá ainda de assumir a fraude em tribunal, cumprindo o que está estabelecido pelas leis do país vizinho.

LEIA MAIS: Filho de Ágata condenado a 6 anos e meio de prisão por violar menor

O jornal ‘AS’ informa ainda que Ronaldo terá que ser presente ao juiz responsável pelo caso no próximo dia 14 de janeiro, mas que está, juntamente com o seu advogado, a tentar passar a audiência judicial para uma videoconferência.

 

Pena de Ronaldo poderá ainda ser deduzida

José Antonio Choclán, representante legal de CR7, irá ainda tentar negociar a pena prevista pela lei espanhola, passando a mesma de pena suspensa para o pagamento de uma coima no valor de 375 mil euros.

Para além de Cristiano Ronaldo, também Fábio Coentrão foi representado por Choclán num processo de evasão fiscal. Na altura, o jogador agora no Rio Ave assumiu o crime e aceitou a pena, tendo pago uma multa ao Estado espanhol; procedimento que o advogado quer agora repetir com o antigo jogador do Real Madrid, agora ao serviço do Juventus.

LEIA MAIS: Previsão do tempo para sábado, 15 de dezembro de 2018

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS