Residência do Presidente da CM Lisboa disponível para alojamento «já foi usada para eventos»

A residência oficial do presidente da Câmara de Lisboa está disponível para alojamento local num site de reservas turísticas, sendo que a licença de utilização é da empresa MCO II, que também gere outros espaços públicos em Lisboa.

Residência do Presidente da CM Lisboa disponível para alojamento «já foi usada para eventos»

A residência oficial do presidente da Câmara de Lisboa está disponível para alojamento local num site de reservas turísticas, sendo que a licença de utilização é da empresa MCO II, que também gere outros espaços públicos em Lisboa.

Para a Câmara Municipal de Lisboa, «não há polémica». A Casa do Presidente da Villa estava em mau estado e foi «pensada para alojamento local em 2014», altura em que começou a receber 2600 euros por mês de concessão pela residência. Além disso, diz a CML à rádio TSF, a residência já não é oficial há vários anos e sem este valor da concessão, a casa não teria sido recuperada.

«A ideia era dar algum uso a edifícios que estavam sem uso nenhum e em mau estado»

No total, o investimento total rondou os 3 milhões e 700 mil euros para que a casa que pode ver na galeria fosse recuperada e esteja assim apresentada e poder ser disponível para alojamento online. Há «total transparência» neste processo, garante o vereador José Sá Fernandes. «A casa já foi usada para eventos. A Câmara pode usar estes edifícios três vezes por ano, abertos à população em geral».

[notícia atualizada às 15h53]

A Casa do Presidente da Villa, localizada na Estrada do Penedo, na Ajuda, em pleno parque florestal de Monsanto, está, segundo informação do site Booking, disponível para alojamento desde agosto deste ano.

LEIA MAIS: Alojamento: Senhorios oferecem rendas por sexo [vídeo]

A Lusa contactou a Câmara Municipal de Lisboa e a empresa MCO II para obter detalhes sobre a concessão do espaço, mas, até ao momento, ainda não obteve resposta. Veja as fotografias da casa na galeria.

A licença do Registo Nacional de Alojamento Local pertence à empresa MCO II, que gere, entre outros espaços, o Mercado de Campo de Ourique. É também esta empresa que ficou com a concessão do Moinho do Penedo e a Quinta da Pimenteira, ambos em Monsanto, através de um concurso lançado pelo município lisboeta em 2014, conforme uma notícia do jornal Público de 2015.

A Casa do Presidente foi morada de Pedro Santana Lopes, quando este assumiu a presidência da autarquia em 2002, um imóvel inaugurado em 1989 por Krus Abecassis, mas que até então não tinha sido utilizada.

Anos mais tarde, quando presidia à autarquia, António Costa, chegou também a utilizar a residência.

No site Booking, a Casa do Presidente é caracterizada como uma propriedade construída em 1920 e que oferece acomodações com terraço. Uma noite pode rondar mais de 800 euros, segundo uma simulação feita pela agência Lusa, para o dia 23 de outubro.

“A villa dispõe de quatro quartos, sala de estar, área para refeições e cozinha bem equipada com lava-louças. A villa também oferece TV de tela plana, máquina de lavar roupa e banheiro com banheira e chuveiro. Um café da manhã continental é servido diariamente na propriedade”, pode ler-se ainda no site.

Segundo a descrição, a villa oferece ainda uma piscina ao ar livre e tem jardim e ‘lounge’ compartilhados “onde você pode também relaxar”.

LEIA MAIS: Sintra e Lisboa são os municípios que mais contribuirão para nova empresa de transportes

Fotos: Booking.com

Impala Instagram


RELACIONADOS