Registados menos 1,4 milhões de espectadores nos cinemas portugueses este ano

Registados menos 1,4 milhões de espectadores nos cinemas portugueses este ano

Entre janeiro e setembro deste ano, as salas de cinema portuguesas perderam 1,4 milhões de espectadores, em relação ao mesmo período do ano passado, o que significa uma quebra de 12,4%, segundo dados oficiais hoje divulgados.

Segundo as estatísticas mensais do Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), hoje divulgadas, as 561 salas da rede de exibição comercial tiveram cerca de 10,5 milhões de espectadores entre janeiro e setembro deste ano, quando, no mesmo período de 2017, se registaram cerca de 11,9 milhões.

Em termos mensais, setembro registou um aumento de espectadores de 14,2%, em relação a setembro de 2017. Ou seja, mais 132 mil pessoas foram ao cinema em setembro deste ano do que em setembro do ano passado, mas não as suficientes para atenuarem a tendência de quebra consecutiva de assistências nos cinemas portugueses.

No que diz respeito às receitas de bilheteira, entre janeiro e setembro deste ano houve uma quebra de 9,1%, cerca de 5,64 milhões de euros a menos, em relação ao mesmo período de 2017.

Entre janeiro e setembro deste ano, registaram-se 56,6 milhões de euros de receita bruta de bilheteiras, nas 561 salas da rede de exibição comercial, e, no mesmo período de 2017, o valor tinha sido de cerca de 62,2 milhões de euros.

Este ano, até setembro, o filme mais visto em Portugal foi “The Incredibles 2: Os Super-heróis” (estreado em junho), com cerca de 605 mil espectadores, seguido de “Hotel Transylvania 3: Umas férias monstruosas” (estreado em julho), com cerca de 435 mil, e “As cinquenta sombras livres” (estreado em fevereiro), com 430 mil.

Este ano, até setembro, no conjunto de todas as salas de exibição comercial do país, cada sessão de cinema teve em média 21 espectadores.

JRS (SS) // MAG

By Impala News / Lusa

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Registados menos 1,4 milhões de espectadores nos cinemas portugueses este ano

Entre janeiro e setembro deste ano, as salas de cinema portuguesas perderam 1,4 milhões de espectadores, em relação ao mesmo período do ano passado, o que significa uma quebra de 12,4%, segundo dados oficiais hoje divulgados.