Receitas da operadora Sociedade de Jogos de Macau sobem 170,6% no terceiro trimestre

As receitas da Sociedade de Jogos de Macau (SJM), com mais de 20 casinos no território, subiram 170,6% no terceiro trimestre deste ano, em relação ao período homólogo de 2020, foi hoje anunciado.

Receitas da operadora Sociedade de Jogos de Macau sobem 170,6% no terceiro trimestre

Receitas da operadora Sociedade de Jogos de Macau sobem 170,6% no terceiro trimestre

As receitas da Sociedade de Jogos de Macau (SJM), com mais de 20 casinos no território, subiram 170,6% no terceiro trimestre deste ano, em relação ao período homólogo de 2020, foi hoje anunciado.

As receitas líquidas neste período foram de 2,27 mil milhões de dólares de Hong Kong (253 milhões de euros), quando no terceiro trimestre do ano passado tinham ficado pelos 841 milhões de dólares de Hong Kong (92,5 milhões de euros), de acordo com um comunicado da SJM, fundada pelo magnata do jogo Stanley Ho, que morreu em 2020.

O lucro antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) do grupo no terceiro trimestre registou uma quebra de 460 milhões de dólares de Hong Kong (51,2 milhões de euros), contra um EBIDTA negativo de 782 milhões de dólares de Hong Kong (67 milhões de euros) em igual período de 2020.

Nos primeiros nove meses do ano, as receitas líquidas do grupo foram de 7,35 mil milhões de dólares de Hong Kong, um aumento de 43,8% em relação ao período homólogo de 2020, de acordo com o documento.

“Os nossos resultados operacionais do [terceiro] trimestre e do ano até agora registaram melhorias em relação a 2020, embora a SJM tenha continuado a ser afetada pela pandemia de covid-19, que interrompeu de forma grave o fluxo de visitantes a Macau”, disse o vice-presidente e diretor executivo do grupo, Ambrose So, citado na nota.

O responsável apontou ainda que o terceiro trimestre deste ano “marcou um marco importante na história da SJM, com a abertura a 30 de julho do Grand Lisboa Palace”, o primeiro da operadora na faixa de casinos do Cotai, entre as ilhas da Taipa e de Coloane.

Desde o início da pandemia da covid-19, Macau registou apenas 77 casos de infeção pelo novo coronavírus, mas continua com fortes restrições fronteiriças.

Em 2020, devido ao impacto da pandemia, os casinos das seis operadoras em Macau, SJM, Galaxy, Wynn, MGM, Sands China e Melco, terminaram o ano com uma quebra de 79,3% nas receitas, em relação a 2019, em que obtiveram receitas de cerca de 31 mil milhões de euros.

Macau, capital mundial do jogo, é o único local em toda a China onde o jogo em casino é legal.

PTA (EJ) // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS