Ranger do exército violou cunhada enquanto esta dormia. Uma criança testemunhou

O agressor, de 37 anos, militar numa unidade de forças especiais do norte do país, forçou a entrada na casa da vítima, irmã da actual companheira do indivíduo.

Ranger do exército violou cunhada enquanto esta dormia. Uma criança testemunhou

Ranger do exército violou cunhada enquanto esta dormia. Uma criança testemunhou

O agressor, de 37 anos, militar numa unidade de forças especiais do norte do país, forçou a entrada na casa da vítima, irmã da actual companheira do indivíduo.

A violação terá ocorrida de 15 para 16 de Janeiro último, no concelho de Torres Novas, em Riachos, avança a Hertz, publicação local.
O agressor, de 37 anos, militar numa unidade de forças especiais do norte do país, forçou a entrada na casa da vítima, irmã da actual companheira do indivíduo.
A mulher ter-se-há apercebido de que estava a ser abusada  «quando acordou com o homem deitado sobre si, em plena consumação de acto sexual, no qual persistiu mesmo quando a ofendida exigiu que cessasse esse comportamento», esclarece a Procuradoria da Comarca de Santarém, que refere ainda, que «os factos foram presenciados por filho menor da vítima», um menino de 10 anos, que acordou com os gritos da mãe. A criança está a receber apoio psicológico.

Tanto a vítima como o agressor teriam estar juntos num bar nessa noite, e estariam ambos sob o efeito de álcool.

O homem está sujeito a prisão preventiva e teria regressado há pouco mais de uma mês de uma missão no Afeganistão.

Texto: Marta Amorim | Fotos: DR

Impala Instagram


RELACIONADOS