Quase 10 mil colocados na 2.ª fase de acesso ao Ensino Superior, sobraram 4 mil vagas

Quase 10 mil estudantes foram colocados na 2.ª fase do Concurso Nacional de Acesso ao ensino superior, que contou com mais candidatos em relação a 2019, e sobraram cerca de 4.000 lugares.

Quase 10 mil colocados na 2.ª fase de acesso ao Ensino Superior, sobraram 4 mil vagas

Quase 10 mil colocados na 2.ª fase de acesso ao Ensino Superior, sobraram 4 mil vagas

Quase 10 mil estudantes foram colocados na 2.ª fase do Concurso Nacional de Acesso ao ensino superior, que contou com mais candidatos em relação a 2019, e sobraram cerca de 4.000 lugares.

Lisboa, 15 out 2020 (Lusa) — Quase 10 mil estudantes foram colocados na 2.ª fase do Concurso Nacional de Acesso ao ensino superior, que contou com mais candidatos em relação ao ano passado, e ainda sobraram cerca de quatro mil lugares para ocupar.  

De acordo com dados hoje divulgados pela Direção-Geral do Ensino Superior (DGES), depois de colocados 9.787 estudantes ainda ficaram 4.255 vagas por preencher.

Em comunicado, a DGES especifica que “para a 2.ª fase, o número de vagas colocadas a concurso foi de 11.698, às quais acresceram 2.175 vagas libertadas por candidatos colocados e matriculados na 1.ª fase que foram agora colocados na 2.ª fase”.

Às vagas disponíveis, candidataram-se 22.750 mil alunos, mais do que os 18.065 de 2019, contrariando a tendência decrescente registada no ano passado, à semelhança do que aconteceu na 1.ª fase.

Entre os candidatos, a maioria (8.027) não tinha sido colocada na 1.ª fase do concurso e 5.003 não tinham sequer concorrido, enquanto 1.809 não se matricularam na colocação obtida na 1.ª fase e 7.911 estavam matriculados na colocação obtida na 1.ª fase e mudam agora de curso.

Mais de metade dos 9.787 colocados entraram no ensino superior politécnico (5.253), onde também abriu a maioria das vagas, e 4.534 foram colocados no ensino universitário.

“No conjunto da 1.ª e 2.ª fases do Concurso deste ano, já ingressaram no ensino superior público, através do concurso nacional de acesso, 53.984 novos estudantes, o que representa um aumento de 16% face à 2ª fase do ano passado de 2019/20”, escreve a tutela em comunicado.

Para a DGES, estes dados confirmam as estimativas que apontam para cerca de 95 mil novos estudantes nas instituições públicas de ensino superior, depois de consideradas todas as vias de acesso.

Os resultados da 2.ª fase do concurso nacional de acesso estão desde hoje disponíveis no portal da DGES (http://www.dges.gov.pt) e os estudantes têm até domingo para se matricularem nas instituições onde foram colocados.

As 4.255 vagas que sobraram podem agora ser disponibilizadas para a 3.ª fase do concurso nacional de acesso, que decorre entre 22 e 26 de outubro, ou reverter para os concursos especiais e para os concursos de mudança de par instituição/curso.

 

MYCA // HB

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS