PSP fecha ginásio em Vila Franca de Xira enquanto clientes tentam escapar por alçapão

Uma fiscalização num ginásio em Vila Franca de Xira acabou com a identificação de oito pessoas e um episódio insólito. Ao aperceberem-se da chegada da PSP, os clientes esconderam-se num alçapão.

PSP fecha ginásio em Vila Franca de Xira enquanto clientes tentam escapar por alçapão

PSP fecha ginásio em Vila Franca de Xira enquanto clientes tentam escapar por alçapão

Uma fiscalização num ginásio em Vila Franca de Xira acabou com a identificação de oito pessoas e um episódio insólito. Ao aperceberem-se da chegada da PSP, os clientes esconderam-se num alçapão.

A PSP encerrou na terça-feira um ginásio em funcionamento, no concelho em Vila Franca de Xira, e identificou oito clientes, sete dos quais tentaram esconder-se num alçapão, anunciou esta quinta-feira aquela força policial.

De acordo com o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis), a operação policial ocorreu na vila do Forte da Casa, Vila Franca de Xira, na sequência de uma ação de fiscalização ao cumprimento das medidas previstas no estado de emergência, tendo sido identificadas oito pessoas que se encontravam no interior do estabelecimento.

“Numa das entradas do ginásio foi possível intercetar um cliente, bem como a proprietária do mesmo”, adianta o Cometlis em comunicado.

Segundo a PSP, os outros clientes tentaram “dissimular a sua presença, através de um alçapão que dava acesso ao telhado do edifício”, depois de se terem apercebido da presença da polícia.

Na sequência da ação das forças policiais, foram levantados nove autos de contraordenação, correspondentes a 11 infrações.

A PSP ressalva que o ginásio se encontrava “em claro incumprimento às medidas decorrentes da declaração do estado de emergência em vigor, nomeadamente, por se encontrarem em violação do encerramento de atividade do estabelecimento, dever geral de recolhimento obrigatório e uso de máscara”.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 2.430.693 mortos no mundo, resultantes de mais de 109,8 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. Em Portugal, morreram 15.649 pessoas dos 790.885 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LEIA AGORA

Jovem desaparecido desde outubro morto por amigos e atirado a um poço

Uma “guerra” de um gang juvenil do Vale da Amoreira, no concelho da Moita, a pouca distância da casa onde vivia  a mãe de Lucas Miranda, no Barreiro, poderá ter estado na origem da morte do jovem de 15 anos. (Continue a ler aqui.)

Impala Instagram


RELACIONADOS