Prisão para agressores de casal homossexual: «Foi feita justiça»

Família que agrediu casal homossexual em Coimbra, em julho de 2018, foi condenada esta quinta-feira.

Prisão para agressores de casal homossexual: «Foi feita justiça»

Prisão para agressores de casal homossexual: «Foi feita justiça»

Família que agrediu casal homossexual em Coimbra, em julho de 2018, foi condenada esta quinta-feira.

A família que agrediu o casal homossexual em Coimbra, em julho de 2018 foi condenada esta quinta-feira a penas de prisão e ao pagamento de uma indemnização às vítimas.

LEIA DEPOIS
Previsão do tempo para esta sexta-feira, 29 de novembro

«Foi uma condenação exemplar»

«Ficamos os dois muito satisfeitos. Foi uma condenação exemplar!», assume Duarte, em declarações ao Portal de Notícias. «Não tínhamos muitas esperanças, mas a verdade é que foi feita justiça», sustenta o jovem agredido no Alma Shopping.

A mulher de 42 anos, foi condenada a três anos de prisão efetiva, bem como o filho de 20 anos que não esteve presente no julgamento. O marido da arguida foi condenado a uma pena de prisão de três anos, suspensa. Os arguidos foram, ainda, condenados a pagar indemnizações de 17.500€ ao casal.

A família estava acusada, pelo Ministério Público, de ofensa à integridade física qualificada por terem humilhado e agredido os dois jovens da cidade do Porto junto ao centro comercial Alma, em Coimbra. Na altura das agressões, a superfície comercial emitiu mesmo um comunicado onde se demarcava da situação.

Texto: Joana Ferreira

LEIA MAIS
Doentes oncológicos em tratamento vão ter linha de apoio

 

Impala Instagram


RELACIONADOS