Presidente da República lamenta morte de ex-jornalista Fernando Midões

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou hoje o falecimento de Fernando Midões, apresentando os seus sentimentos à família e aos amigos do ex-jornalista da RTP e crítico de teatro.

Presidente da República lamenta morte de ex-jornalista Fernando Midões

Presidente da República lamenta morte de ex-jornalista Fernando Midões

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou hoje o falecimento de Fernando Midões, apresentando os seus sentimentos à família e aos amigos do ex-jornalista da RTP e crítico de teatro.

“O Presidente da República apresenta os seus sentimentos à família e aos amigos de Fernando Midões, que hoje nos deixou, depois de uma longa vida de jornalista dedicado e crítico de teatro, e que foi presença nas nossas casas através da RTP”, lê-se numa nota publicada no site da Presidência.

O ex-jornalista da RTP e crítico de teatro Fernando Midões faleceu hoje de manhã na Casa do Artista, onde residia, disse à agência Lusa fonte desta associação de apoio aos artistas.

Com 86 anos, Fernando Midões, natural de Lisboa, licenciou-se em ciências pedagógicas pela Faculdade de Letras de Lisboa e em direito pela Faculdade de Direito de Coimbra.

Fernando Midões iniciou a sua carreira como crítico de teatro no jornal “A Planície”, sendo que mais tarde veio a colaborar com o Diário Popular e o Diário de Notícias. Pertenceu aos quadros da RTP.

Quando se deu o 25 de abril, Fernando Midões já trabalhava na RTP e, depois da Revolução dos Cravos que pôs termo à ditadura, começou a aparecer em frente às câmaras, a dar as notícias aos portugueses.

DF (JS) // JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS