Presidente angolano deixa Abu Dhabi com promessas de energias renováveis e três novos acordos

Cerca de 77% da eletricidade produzida em Angola virá de energias renováveis até 2025, anunciou hoje o Presidente angolano, numa conferência em Abu Dhabi, onde testemunhou também a assinatura de acordos na área dos transportes e energias.

Presidente angolano deixa Abu Dhabi com promessas de energias renováveis e três novos acordos

Presidente angolano deixa Abu Dhabi com promessas de energias renováveis e três novos acordos

Cerca de 77% da eletricidade produzida em Angola virá de energias renováveis até 2025, anunciou hoje o Presidente angolano, numa conferência em Abu Dhabi, onde testemunhou também a assinatura de acordos na área dos transportes e energias.

João Lourenço, que participou hoje num painel sobre Energia Limpa em África, no âmbito da Semana da Sustentabilidade de Abu Dhabi 2023, disse que Angola produz atualmente 73% de energia a partir de fontes “não poluentes”, nomeadamente centrais hidroelétricas e parques solares, segundo uma nota divulgada na página da Presidência no Facebook.

O chefe de Estado angolano sublinhou, na sua intervenção, que o país traçou ações complementares no domínio da gestão sustentável, nomeadamente com a construção de barragens hidroelétricas.

João Lourenço revelou também que Angola está a dar os primeiros passos para a produção de hidrogénio verde e que vai avançar com a energia eólica, diversificando assim as fontes de produção não poluentes.

No âmbito desta Semana da Sustentabilidade, Angola e os EAU assinaram também hoje, em Abu Dhabi, três acordos de cooperação nos domínios dos transportes e energias renováveis.

Segundo a Presidência angolana, o ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, assinou um acordo que liga o seu setor à empresa Masdar, ao abrigo do qual esta produzirá em Angola até dois gigawatts de energia, com uma primeira fase de 500 megawatts.

O ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu, assinou um instrumento jurídico com a Abu Dhabi Ports Company, que “vai assegurar uma cooperação mais estreita e troca de informações nas áreas de cooperação já estabelecidas”.

Foi também assinado com a empresa emirati Ad Ports Group um acordo com vista à reabilitação e modernização da operadora de transporte e logística, Unicargas.

 

RCR (DYAS)// JH

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS