Portuguesa degolada pelo ex-namorado na Alemanha

Portuguesa degolada pelo ex-namorado na Alemanha

Mais uma portuguesa morta pelo ex-companheiro. Desta vez, uma médica de 32 anos que trabalhava na Alemanha, foi encontrada degolada

Inês Barata Feio Terrahe, de 32 anos, médica de profissão,  foi morta pelo ex-companheiro, em Frankfurt, Alemanha. A mulher, com dupla nacionalidade, foi encontrada, degolada, à porta da garagem de casa.

Foi uma vizinha que a encontrou, no domingo à noite, após ouvir ao gritos. Conta o Correio da Manhã, citando o jornal alemão Bild, que Hauke Hansen, vizinha de Inês Terrahe, foi acordada pelos gritos, ao final da noite de domingo.  A mulher ainda pôde ver o ex-companheiro da portuguesa a fugir com uma faca ensanguentada na mão.

LEIA MAIS:
Ana Maria apresentou queixa do homem que a matou a tiro cinco meses antes

A médica estava na Alemanha para uma especialização em Dermatologia, depois de ter tirado o curso de Medicina na República Checa. Conta a família da vítima que Inês terminou a relação com Stefen Borger, de nacionalidade alemã, em setembro passado, e que este nunca aceitou o término do namoro. O alemão começou então a perseguir a portuguesa.

«Ele não queria largar a Inês, não aceitava o fim do namoro entre eles e fez isto. Estamos destroçados», disse a mãe de Inês Terrahe ao diário português.

LEIA MAIS:
Mulher espancada durante quatro horas durante primeiro encontro

Stefan foi apanhado pelas autoridades alemãs horas mais tarde, na casa da família onde cresceu e foi apresentado a tribunal esta terça-feira.

Os pais de Inês Terrahe chegaram esta quarta-feira de manhã a Frankfurt. O corpo da vítima vai ser trasladado para Portugal.

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS