Português preso por ter violado mulher em Badajoz

Um homem de nacionalidade portuguesa está preso em Espanha por ser suspeito de ter violado uma mulher nas festas da localidade de La Codosera, em Badajoz, durante a madrugada do passado domingo.

Português preso por ter violado mulher em Badajoz

Português preso por ter violado mulher em Badajoz

Um homem de nacionalidade portuguesa está preso em Espanha por ser suspeito de ter violado uma mulher nas festas da localidade de La Codosera, em Badajoz, durante a madrugada do passado domingo.

Um homem de nacionalidade portuguesa está preso em Espanha por ser suspeito de ter violado uma mulher nas festas da localidade de La Codosera, em Badajoz, durante a madrugada do passado domingo. Segundo refere o El Mundo, tudo aconteceu pelas 07h30 da junto às casas de banho portáteis colocadas na zona devido às festividades. A mulher, de 33 anos, mora no País Basco, mas estava em La Codosera com a família por ocasião das festas.

Quando estava sozinha, o suspeito tê-la-á agarrado e rasgado a roupa, consumando o ato sem consentimento. Um grupo de jovens apercebeu-se do que tinha acontecido e perseguiu o homem, conseguindo capturá-lo e mantê-lo preso até à chegada das autoridades.

Morre depois de descobrir que o marido violou e matou a filha

Mulher descobre que o marido violou e matou a filha por asfixia. Anna Zubko terá entrado numa depressão profunda, não recorreu a ajuda médica e acabou por morrer seis meses depois da bebé. O caso ocorreu na Rússia.

A vítima tinha seis anos e foi encontrada numa vedação com um peluche agarrado ao pescoço. Segundo o jornal Metro UK, o pai da criança, Yaroslav Oleinikov, de 28 anos, terá violado a filha diversas vezes antes de a matar. O corpo da filha ficou exposto no exterior da casa.

Continue a ler aqui.

LEIA MAIS

Polícia australiana apreende mais de 760 quilos de ecstasy

Poluição pode ser tão grave para pulmões como um maço de tabaco por dia

Previsão do tempo para quinta-feira, 15 de agosto

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS