Portugal Fashion regressa ao Porto depois de se “reorganizar”

A celebração dos 25 anos do Portugal Fashion foi retomada hoje, no Porto, em nome da proteção da moda nacional, com o primeiro desfile de moda a decorrer ao ar livre apenas com presença de público profissional.

Portugal Fashion regressa ao Porto depois de se

Portugal Fashion regressa ao Porto depois de se “reorganizar”

A celebração dos 25 anos do Portugal Fashion foi retomada hoje, no Porto, em nome da proteção da moda nacional, com o primeiro desfile de moda a decorrer ao ar livre apenas com presença de público profissional.

“Não podia deixar de acontecer. Tínhamos de fazer tudo, uma vez mais, para que os ‘designers’ e as marcas que estão connosco tivessem esta oportunidade de se apresentar, mas teríamos de inventar formatos diferentes, teríamos de nos reorganizar e teríamos de compensar também a maior restrição de público de uma outra forma, nomeadamente uma aposta na comunicação digital completamente diferente daquilo que era o habitual”, explicou a diretora do Portugal Fashion, Mónica Neto, em entrevista à agência Lusa.

Segundo Mónica Neto, a 47.ª edição do Portugal Fashion, que arrancou hoje e termina no sábado, vai ter no máximo 200 pessoas em simultâneo, com os bastidores reservados a modelos e sem acesso à comunicação social, com a transmissão em direto dos desfiles e de todo o evento via digital.

“Tivemos de nos restringir ao público profissional, tivemos de fazer um corte que nos permitisse garantir sobretudo que as dinâmicas de bastidores aconteciam com tranquilidade e que o acesso ao público era sobretudo um acesso profissional e que não punha nunca em causa a continuidade do evento por uma imposição que pudesse acontecer administrativa das autoridades de saúde e portanto”, explicou a diretora do Portugal Fashion.

Todos os desfiles do Portugal Fashion já eram transmitidos em direto, mas não tínhamos a dinâmica de mostrar muito mais além do desfile e nesta 47.ª edição também vão mostrar outros pontos do evento em direto.

Nesta edição, devido à covid-19, tomou-se a opção do “see now, buy now” como uma das estratégias tomadas por vários ‘designers’ que não tiveram oportunidade de apresentar a coleção na edição em março e que estão a apresentar agora, como também estão já antecipar a coleção do próximo verão 2021.

A ‘designer’ Ana Teixeira de Sousa, criadora da marca portuguesa Sophia Kah, apresentou hoje o primeiro desfile da 47.ª edição do Portugal Fashion, no pátio do Hotel Neya, junto à Alfândega do Porto, mostrando a coleção “Dreams”, que é dirigida para uma estação do ano específica, enquadrando-se na opção do “see now, buy now”.

“Uma das novidades [da marca] é que nós agora não fazemos estações, nós fazemos ‘see now, buy now’, ou seja a coleção que foi apresentada hoje aqui vai ser vendida imediatamente e é uma coleção ‘season-less’ [sem estação do ano]”, explicou a ‘designer’, referindo que essa é uma das mudanças que “mais sentido faz para os mercados da marca”, que são o mercado nacional, Inglaterra e EUA.

A criadora da marca Sophia Kah trouxe hoje ao desfile ao ar livre mais de uma dezena de peças com tecidos em rendas, lantejoulas e plumas, onde se destacou um vestido de noiva com cauda com mais de três metros, em forma de celebração e de festa.

“Houve preocupação em desenhar uma coleção adaptada aos momentos em que nós vivemos” e em responder “à procura” que temos dos clientes, explicou, referindo que a coleção “Dreams” tem alguns apontamentos de roupas “mais versáteis” que tanto permitem “estar em casa”, mas que também dá para ir a um “evento mais pequeno”.

O Portugal Fashion continua ao longo de toda a tarde de hoje com desfiles presenciais do ‘designer’ João Sousa (14:00), no espaço Bloom, seguido pelos desfiles do ‘designer’ David Catalán (15:00), Vírus e Carolina Sobral (16:00), Katty Xiomara (17:00) e Estelita Mendonça (18:00).

O primeiro dia da 47.ª edição do Portugal Fashion encerra com o desfile da marca portuguesa Ernest W. Baker — estreante no Portugal Fashion -, que fez parte, em julho, do calendário oficial da Semana de Moda de Paris, e está à venda em Itália, Canadá, Japão, Hong Kong, China e Coreia do Sul.

O Portugal Fashion vai continuar até sábado com apresentações de Miguel Vieira, Inês Torcato, Maria Gambina, Pé de Chumbo, Alves/Gonçalves, Luís Onofre, Hugo Costa, Alexandra Moura, entre outros.

O Portugal Fashion é um projeto da responsabilidade da Associação Nacional de Jovens Empresários, que conta com o apoio dos seus parceiros estratégicos e é cofinanciado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 — Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, com fundos provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

CCM // TDI

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS