Pelo menos oito mortos e 40 prédios destruídos por tornados no Tennessee, EUA

Pelo menos oito pessoas morreram e 40 prédios foram destruídos por tornados que atingiram hoje o Estado norte-americano do Tennessee, causando danos severos nomeadamente no centro da cidade de Nashville.

Pelo menos oito mortos e 40 prédios destruídos por tornados no Tennessee, EUA

Pelo menos oito mortos e 40 prédios destruídos por tornados no Tennessee, EUA

Pelo menos oito pessoas morreram e 40 prédios foram destruídos por tornados que atingiram hoje o Estado norte-americano do Tennessee, causando danos severos nomeadamente no centro da cidade de Nashville.

A porta-voz da Agência de Gestão de Emergências do Tennessee, Maggie Hannan, confirmou oito mortes, incluindo uma em Nashville, quatro no condado de Putnam, duas no condado de Wilson e uma no de Benton.

O amanhecer hoje revelou uma paisagem repleta de paredes e telhados caídos, linhas de energia danificadas e enormes árvores quebradas, deixando as ruas da cidade de Nashville congestionadas.

Escolas, tribunais, linhas de transporte público, um aeroporto e o edifício do capitólio estadual [parlamento] foram fechados e algumas assembleias de voto danificadas foram transferidas apenas algumas horas antes do início da votação para as primárias das eleições presidenciais norte-americanas.

Moradores do histórico bairro de Germantown, em Nashville, estavam desanimados face ao quadro de destruição, enquanto equipas de emergência encerravam as estradas.

Os telhados foram arrancados dos prédios de apartamentos, grandes árvores foram arrancadas do solo e os detritos estavam espalhados pelos passeios.

“A nossa comunidade foi impactada significativamente”, publicou na rede social Twitter o departamento de polícia de Mount Juliet.

Várias casas ficaram danificadas e foi relatada a existência de vários feridos, segundo a polícia da cidade de Mount Juliet.

“Continuamos a procurar feridos. Fiquem em casa, se puder”, alertaram as autoridades locais.

Polícias e equipas de bombeiros estavam a responder a cerca de 40 chamadas de ajuda devido ao colapso em edifícios por toda a cidade, anunciou a polícia metropolitana de Nashville.

O aeroporto John C. Tune, em Nashville, “sofreu danos significativos”, disse hoje a porta-voz Kim Gerlock num comunicado.

Vários hangares foram destruídos e as linhas de energia caíram, acrescentou Kim Gerlock, destacando a inexistência de feridos.

A porta-voz pediu que o público evitasse o aeroporto até novo aviso e que a autoridade aeroportuária ativou o seu centro de operações de emergência para coordenar a resposta relativa a esta situação.

O desastre impactou a votação no Tennessee, um dos 14 estados da “super terça-feira” (primárias para as presidenciais norte-americanas).

Alguns locais de votação em Nashville foram trocados e nos condados de Davidson e Wilson abrirão uma hora mais tarde, mas fecharão na hora determinada anteriormente, às 20:00 locais (02:00 de quarta-feira em Lisboa), anunciou o secretário de Estado do Tennessee Tre Hargett.

A Cruz Vermelha Americana do Tennessee abriu um abrigo para residentes deslocados no centro do mercado de agricultores de Nashville, mas a falta de energia obrigou as pessoas a mudarem-se novamente para o Centennial Sportsplex, informou o jornal Tennessean.

A interrupção também se estendeu ao edifício do capitólio estadual, forçando o cancelamento das reuniões agendadas.

CSR // EL

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS